[Resenha] Escândalos na Primavera #4 - Lisa Kleypas

22 março 2017


Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época
Série: As Quatro Estações do Amor #4
Páginas: 224
Onde comprar: Lojas Americanas | Livraria da Folha | Saraiva  | Amazon
Classificação:
Sinopse: Daisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braçaisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braço direito na empresa.Daisy está horrorizada com a possibilidade de viver para sempre com alguém tão sério e controlador, tão parecido com seu pai. Mas não admitirá a derrota. Com a ajuda de suas amigas, está decidida a se casar com qualquer um, menos o Sr. Swift.Ela só não contava com o charme inesperado de Matthew nem com a ardente atração que nasce entre os dois. Será que o homem ganancioso de quem se lembrava era apenas fachada e ele na verdade é tão romântico quanto os heróis dos livros que ela lê? Ou, como sua irmã Lillian suspeita, o Sr. Swift é apenas um interesseiro com algum segredo escandaloso muito bem guardado?Fechando com chave de ouro a série As Quatro Estações do Amor, Escândalos Na Primavera é um presente para os leitores de Lisa Kleypas, que podem ter certeza de uma coisa: embora as estações do ano sempre terminem, a amizade desse quarteto de amigas é eterna.
Eeeeeee chegamos ao ultimo livro da série As Quatro Estações do Amor, depois de casarmos Anabelle (Segredos de Uma Noite de Verão), Lillian (Era Uma Vez no Outono) e Evie (Pecados no Inverno), agora é a vez da maravilhosa Daisy.


O livro começa com o pai de Daisy a intimando, ela precisa se casar! Ficar na Inglaterra está causando muitos gastos, então ou ela arruma um marido aristocrata, ou ela voltará para os Estados Unidos e terá que casar com Matthew Swift. Sendo assim o senhor Bowman conseguiria um marido para Daisy e um herdeiro para sua empresa, já que Matthew era seu melhor e mais fiel funcionário.
"Westcliff olhou de uma irmã para outra.
– O que o Sr. Swift tem de errado? Pelo que seu pai disse,
parece um homem bastante respeitável.
– Ele tem tudo de errado – respondeu Lillian, dando mais uma risada."
Logicamente Daisy se revolta, afinal ela tinha lembranças odiosas de Matthew, de um homem frio e calculista que só se importava com negócios, igualmente seu pai. E para piorar a situação, quem aparece na Inglaterra? Matthew Swift, o próprio, em carne e osso, e uma beleza estonteante. Passa rapidamente pela mente de Daisy "como ele pode ter ficado tão lindo de repente?!" Mas isso não mudaria sua aversão ao moço... então ela, sua irmã e suas amigas decidem encontrar de qualquer jeito um marido adequado, mas com aquele puxa-saco ela não se casaria... ou casaria?


Matthew está lindo, e além de tudo é um cara muito bacana, paciente, e que nos conquista imediatamente, totalmente diferente das lembranças de Daisy. Já nossa protagonista é linda demais, uma moça sonhadora que prefere os livros as pessoas, além de muito debochada hehe, alguém mais se identifica?
"Em geral Daisy adorava dias chuvosos. Ficar encolhida com um livro perto de uma lareira era o maior prazer que podia imaginar."
Claro que os dois passam a se conhecer melhor, e os encontros deles são muito divertidos, muito amor, ri horrores! Daisy começa a perceber que Matthew está diferente, e não é só fisicamente, a atração que ela sente é inevitável. Só que o que ela não sabe é que Matthew mantém desde sempre um amor secreto por ela, do qual ele evita avidamente.

"Acima de tudo queria ficar longe de Daisy Bowman. Era uma tortura tê-la tão perto e não poder tocá-la. Era impossível tratá-la com cortesia quando sua cabeça estava cheia de imagens eróticas em que a segurava e a seduzia, sua boca encontrando as partes mais vulneráveis e doces do corpo dela. E isso era só o começo. Matthew queria horas, dias e semanas sozinho com Daisy... Queria todos os pensamentos, sorrisos e segredos dela. Liberdade para desnudar sua alma para ela.
Coisa que nunca poderia ter."
E você achou que daí começaria um romance cheio de flores? Resposta errada! Matthew tem um passado conturbado e um segredo do qual ele foge, tornando a história bem misteriosa!

O livro é lindo, divertido, fofo e para mim o melhor da série toda. Eu adorei cada parte em que Anabelle, Lillian e Evie aparecem, nos contando um pouco sobre como suas vidas seguiram após se casarem e dando o toque particular de cada uma a narrativa. Um fato que eu achei lindo foi a representação da força da amizade entre elas, que juntas deixaram de ser as Flores Secas para desabrocharem lindamente, e se aprende muito o quanto amizades verdadeiras são importantes. Também aprendemos que status não define ninguém, e que aparências podem enganar muito, e nem sempre de uma maneira ruim.


"O amor deveria ser uma emoção vertiginosa que trazia felicidade, como nos versos bobos dos cartões do Dia de São Valentim decorados com penas, pinturas e rendas. Mas seu amor por Daisy não era de modo algum assim. Era um sentimento torturante, febril e desolador. Era um vício que não podia ser vencido. Era puro desejo temerário."
O romance do livro é leve, tem tudo na medida certa, desde as discussões até os encontros apaixonados, nada excede e em momento nenhum nos irritamos com qualquer personagem, tudo flui perfeitamente.

A série foi fechada com chave de ouro, terminei o livro sentindo a satisfação de uma história bem concluída, com a alegria de ler algo tão mágico. Lisa Kleypas me ganhou com sua escrita, e eu já sinto falta desse quarteto incrível.


Para ler resenhas de As Quatro Estações do Amor 1, 2 e 3 clique nas respectivas imagens acima!
Suzane Cruz
Suzane Cruz, 23 anos, baiana que mora na Cidade Maravilhosa. Potterhead, bailarina e formada em Design de Interiores. Andou vivendo o que lê e precisou de companhia.

[Lançamentos] Editora Coerência: Março 2017

20 março 2017

Aeeee, já estamos em março!! Socorro mundo, gira devagar ai que eu to ficando tonta com essa rapidez que os dias estão passando. Chegou mais um mês e com ele mais lançamentos lindos. Vamos conhecer o que a Editora Coerência está aprontando em março pra gente!

SEVEN DAYS - ISABELLE DUTRA BISSOLI
Imagem: Unicórnio Literário

Sinopse:
Onde estou? O que tenho que fazer? E o mais importante: Quem eu sou? Gostaria de me apresentar mas não vai ser possível, já que não tenho memória alguma... Tudo o que sei é que em uma bela péssima noite eu acordei em um local chamado Seven Days, com mais seis jovens, onde recebemos a notícia de que estávamos mortos. Disseram-nos que isso não seria o fim: um de nós sete teria a chance idiota de continuar a vida como espírito, mas para isso teria que ser o primeiro a resgatar sete almas penadas em sete dias. A melhor parte disso tudo, no entanto, é que a cada alma capturada, um pedaço da nossa memória irá voltar. E para piorar eu ando tendo sonhos com uma garota chamada Rose, que já esteve aqui antes. Agora apresento a vocês a informação que mais faz sentindo: Eu estou enlouquecendo. Alguém ainda consegue me ouvir?

Onde encontrar:

A ESTRELA DE SEIS PONTAS - BRUNO F. OLIVEIRA
Imagem: Unicórnio Literário
Sinopse: Há uma terra onde um rei impera com punho de ferro e massacra os pequenos; onde Tribos dominam o ar, a água, a terra ou o fogo; e onde feiticeiros albinos servem submissos ao bem comum… Nessa terra nasce uma aventura que te levará numa fantástica viagem ao mundo de Arkhai. Tudo tem início quando Khiara, a legítima princesa arkhaíta, desperta de um feitiço que durou dezesseis anos. Ela tende a buscar o seu passado, resgatando tudo o que ficou para trás, enquanto o seu irmão Kendry ainda dorme. Na companhia de alguns jovens que encontra pelo caminho, com os quais cria um laço eterno de irmandade, Khiara descobre muitas mentiras e tramas por poder. Uma jornada viciante que guarda muitos mistérios e que pode trazer um final não tão feliz.
Onde encontrar:

RITMO PERFEITO - ROBERTO JUNIOR
Imagem: Unicórnio Literário
Sinopse: Lara está prestes a sair do ensino médio e, diferente da maior parte dos colegas, não pensa na faculdade, só tem certeza de uma coisa: será uma grande estrela da música. Sua vida (quase) pacata começa a mudar quando Samuel Evans, o bonitão do colégio que, além de tudo, é músico, inicia uma amigável aproximação. Ela só não imagina que a súbita proximidade de Sam tem a ver com uma aposta firmada entre ele, Sophia e Juliano — a patricinha e o valentão do colégio. Ela vê seu sonho se tornar mais próximo quando surge o Ritmo Perfeito, concurso musical do seu colégio. Mas, para isso, precisa convencer seu pai de que seus sonhos valem a pena, se tornar mais sociável e ajudar seus únicos dois amigos com seus problemas pessoais e, sobretudo, se entender de uma vez por todas com Samuel Evans.
Onde encontrar:
Suzane Cruz
Suzane Cruz, 23 anos, baiana que mora na Cidade Maravilhosa. Potterhead, bailarina e formada em Design de Interiores. Andou vivendo o que lê e precisou de companhia.

[Evento] Chá Literário da Lycia Barros

17 março 2017
A autora Lycia Barros é uma velha conhecida aqui do blog e recentemente fez um chá literário para receber os seus leitores, e é claro que não poderíamos deixar de ir.

Para falar a verdade esse primeiro e último chá literário que a Lycia decidiu fazer foi para se despedir (por hora) dos leitores brasileiros e do país. Ela e sua família irão mudar-se para Portugal, e espero que ela encontre muita inspiração literária por lá para continuar a escrever livros incríveis.

Ocorreu em uma tarde de sábado o chá e teve um pouco de tudo, foi divertido, interativo e emotivo também. Deu para ver que ela preparou tudo com muito carinho. Teve algumas brincadeiras, como: quiz sobre os livros, bingo , brindes e muitas novidades!

Sério, as novidades foram uma surpresa a parte, foram tantas coisas. Os produtores do filme inspirado no primeiro livro da escritora (A Bandeja - Qual pecado te seduz) estavam lá para falar que está demorando, mas estão no caminho para começar as gravações. Uma leitora muito querida pela Lycia criou uma canção inspirada em um dos seus livros e estava lá para cantar para a gente em primeira mão a música (que voz gente!) e... a parte que eu mais gostei.... a própria Lycia leu o primeiro capítulo do seu próximo livro! Ela ainda está em fase de andamento com ele, mas sim, teremos um próximo livro dela e eu já quero! (Muito!)

Não podemos dar spoiler sobre a música nem o primeiro capítulo do livro (nós prometemos!) mas ela garantiu que em breve ela liberará para todos os leitores nas redes sociais, então fiquem atentos!

Ah, e momento ternura do chá, ela apresentou para a galera a filha dela  e o marido que inspirou todos os personagens dela em cada livro.
                           





Eu, como leitora, estou orgulhosa de um autora brasileira poder agora tentar dar voos mais altos e levar um pouco da literatura brasileira pelo mundo. E desejo toda a inspiração que Portugal poderá te oferecer. E que toda sorte de bênçãos te acompanhe aonde estiver.

Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"

[Resenha] E Se... - Giovanna Vaccaro

15 março 2017

Editora: Coerência
Gênero: Romance
Páginas: 320
Onde comprar: Saraiva
Classificação: 
Sinopse: Logan Moore tem todos os direitos quando reclama de sua vida. Ele foi baleado em um beco escuro e mandado para um reformatório injustamente. Tudo o que ele quer é cumprir seu tempo naquela mini prisão e, então, sair e viver sua vida normalmente. No entanto, Olivia chega para mudar todos os cursos de sua vida, fazendo Logan se apaixonar da pior maneira possível.
O que Logan não sabia era que o destino lhe dera uma chance de consertar seus erros e os erros das pessoas que ama. Em um segundo, ele se vê preso a uma pergunta insistente: Acreditar ou não acreditar quando seu pai diz que há uma maneira de viajar no tempo e evitar que uma grande tragédia aconteça mais para frente?
Logan, desacreditado, no entanto, decide enfrentar as barreiras do espaço-tempo e descobre que essa escolha talvez tenha sido a pior de sua vida. Problemas que traumatizam Olivia, mortes e até amizades desfeitas são algumas das causas pelas quais Logan está disposto a arriscar sua vida e... Seu tempo.

Em E Se... conhecemos Logan Moore, um jovem garoto que após um contratempo acaba parando no reformatório injustamente. Ele se pergunta todos os dias como sua vida chegou naquele ponto, mas ele se conforma com seu destino e apenas espera pelo dia de sair de lá. Até que Olívia Wolf chega...

Olívia é uma garota linda, de cabelos loiros e determinada. Logan não entende o que uma garota tão incrível estava fazendo naquele lugar, só que Olívia estava ali justamente por tentar fazer algo certo, estando no lugar errado na hora errada.


Um romance começa a surgir entre eles até que uma tragédia acontece na família de Logan e ele precisa voltar para casa. É aí que entra a história principal do livro... O pai de Logan é um cientista e acabou de criar uma pílula do tempo, que pode levá-lo para qualquer lugar do tempo que ele já esteve.
" – Estas pílulas podem te levar para qualquer lugar... Quer dizer, a qualquer data na linha do tempo – disse, com os olhos brilhando. – Bom, é claro que se você ingerir algum não vai poder ir para 1500 a.C. porque você não estava lá. Estas pílulas podem te levar a qualquer data em que já esteve ou ainda estará."
Tudo aquilo era uma loucura e Logan não acreditou, logicamente não era possível voltar no tempo... não era, né?!

Mesmo incrédulo Logan decide testar e toma a pílula para tentar reparar a tragédia que aconteceu, e para sua surpresa, ela funcionou! Mas a coisa toda saiu de seu controle e ele acabou mexendo na linha de espaço tempo, então toda vez que ele consertava alguma coisa, algo ruim acontecia, e ele tentava consertar novamente e tudo estava ficando embaralhado. Voltar para o presente era sempre uma caixinha de surpresas...


O livro é incrível, superou todas as minhas expectativas e me surpreendeu bastante. Imagine uma história toda com viagens no tempo e dramas, e romances, e quando tudo está bem, BUM, não está mais!!! Olívia aparece bastante no livro, praticamente todas as viagens de Logan ela está lá, mas nem sempre da mesma forma... E eu me apaixonei pela personagem, ela é forte e corajosa, muito amor! Outro personagem muito incrível é Ian, o melhor amigo de Logan, e que irá nos surpreender e nos encantar também! O que me incomodou só um pouquinho foi o romance adolescente do casal, as vezes um pouco meloso, mas isso acaba ficando em segundo plano e passando despercebido em alguns momentos da história.


Ah e eu não poderia deixar de falar da edição incrível que a Editora Coerência fez, a capa é linda demais e a diagramação é muito fofa, tornando a leitura ainda mais agradável, é aquela história de comer com os olhos <3 

Não posso contar muito sobre o livro, ele é basicamente viagens de Logan tentando colocar sua vida nos trilhos, mas será que isso é possível? Será que dá para consertar tudo e deixar a vida inteira com momentos felizes? O livro é um grande ensinamento, aprendemos muito que nem tudo pode ser perfeito, afinal "só reconhecemos o céu quando chegamos no inferno", e isso é importante para valorizarmos os bons momentos.


O final é fofo e surpreendente, eu recomendo muito o livro e ele se tornou um queridinho, com uma história original e cheia de aprendizagem. Afinal E Se as coisas fossem diferentes?
"Há inúmeras chances das quais podemos desfrutar, mas, normalmente erramos nas tentativas. Essas chances também podem ser chamadas de 'e se'"
Suzane Cruz
Suzane Cruz, 23 anos, baiana que mora na Cidade Maravilhosa. Potterhead, bailarina e formada em Design de Interiores. Andou vivendo o que lê e precisou de companhia.

[Resenha Cinematográfica] Sing - Quem Canta Seus Males Espanta

13 março 2017

Título: Sing - Quem Canta Seus Males Espanta
Data de Lançamento: 22 de dezembro de 2016
Duração: 1h 48min
Direção: Garth Jennings
Gênero: Animação | Comédia
Nacionalidade: EUA
Classificação indicativa: Livre
Sinopse: Um empolgado coala chamado Buster decide criar uma competição de canto para aumentar os rendimentos de seu antigo teatro. A disputa movimenta o mundo animal e promove a revelação de diversos talentos da cidade, todos de olho nos 15 minutos de fama e US$ 100 mil dólares de prêmio.



Sing é uma animação que conta a história de Buster Moon, um coala que aos seis anos de idade foi ao teatro e desde então decidiu que iria fazer parte de tudo aquilo. Já adulto Buster se torna dono do tal teatro, mas as coisas não estão nada fáceis pra ele.

Com o teatro perto da falência, Buster decide criar um concurso de canto para conseguir renda extra e se reerguer. O prêmio previsto por Buster era US$ 1.000 dólares, mas por descuido da sua assistente destrambelhada, Judith, o anúncio acaba saindo com alguns zeros a mais e se espalham pela cidade panfletos de US$ 100 mil dólares. Aliás Judith foi um dos motivos de eu mais rir nesse filme, gente, socorro com essa assistente, hehe!


Logicamente que o prêmio chama a atenção de boa parte da cidade formando uma fila gigante de candidatos na frente do teatro. Buster se vê maravilhado com aquela cena e acha que sua vida está toda resolvida. Começamos então as audições e foi uma das partes mais divertidas, imaginem os programas de canto da TV onde existem todo tipo de candidatos, hehe é bem por aí.


Dentre os candidatos tem alguns que se destacam e que somos apresentados as suas histórias particulares, mas todos tem algo em comum: o canto! Conhecemos então Rosita, uma porca mãe de 25 porquinhos e esposa de Norman, sua vida é dedicada a sua família, então imagina cuidar, alimentar, arrumar pra escola e tudo mais 25 crianças? Tudo se torna difícil muito quando ela precisa ir aos ensaios; Mike é um ratinho muito problemático e arrogante, ele tem tanta segurança no seu talento que menospreza todos os outros candidatos ficando cada vez mais convencido de que já ganhou a competição; Ash é uma porco-espinho roqueira, adolescente rebelde que tem que fazer escolhas bem difíceis; Meena é uma elefanta, com uma voz angelical mas extremamente tímida, sua insegurança com o palco será um grande problema; Jonny é um gorila que participa de uma gangue junto com seu pai, e está ali escondido buscando seu sonho. Existem muitos outros personagens também que abrilhantam e trazem toda a comédia pra o filme, a construção deles foi sensacional!


Muita coisa acontece até que os candidatos descobrem que seu excelente prêmio não é tão excelente assim, e claro que a coisa toda fica feia. Será que o teatro de Moon irá realmente para a ruína? E todos aqueles talentos serão esquecidos?


Eu amei o filme, me diverti muito e sai cantando feito louca, afinal amo música e a trilha sonora é de ótimo gosto. Os estilos são mais pops, tendo desde clássicos como Hallelujah, My Way, The Colors até os mais modernos como Call Me Maybe. O filme é de certa forma previsível, mas isso, na minha opinião, não tira o brilho da animação; é feito para o público infantil mas eu assisti muito animada e me diverti a beça. É ótimo para aqueles dias leves e de descontração sem muitas pretensões, mas com diversão garantida! Então bora cantar, aliás "Quem Canta Seus Males Espanta!"

Suzane Cruz
Suzane Cruz, 23 anos, baiana que mora na Cidade Maravilhosa. Potterhead, bailarina e formada em Design de Interiores. Andou vivendo o que lê e precisou de companhia.
 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo