[Resenha] Charlotte Street

06 novembro 2013
Autor: Danny Wallace
Editora: Novo Conceito
Páginas: 400
Classificação: 
Sinopse: Tudo começa com uma garota... (porque sim, sempre há uma garota...) Jason Priestley acabou de vê-la. Eles partilharam de um momento incrível e rápido de profunda possibilidade, em algum lugar da Charlotte Street. E então, em um piscar de olhos, ela partiu deixando-o, acidentalmente, segurando sua câmera descartável, com o filme de fotos completo... E agora Jason — ex-professor, ex-namorado, escritor e herói relutante — se depara com um dilema. Deveria tentar seguir A Garota? E se ela for A Garota? Ma aquilo significaria utilizar suas únicas pistas, que estão ainda intocáveis em seu poder... É engraçado como as vezes algumas situações se desenrolam...
Charlotte Street conta a história de Jason Priestley (e não é o de Barrados no Baile), um ex professor e atual critico da London Now. Seu namoro de 4 anos com Sarah acabou de terminar e pouco tempo depois descobre pelo Facebook que ela está no "melhor momento de sua vida" e vai se casar com Gary, enquanto ele mora com Dev, seu amigo, que é dono de uma loja de vídeo games e ao lado de um lugar em que todos acham ser um bordel, mas não é.
Apesar de Jason está com a vida toda conturbada, sem namorada, sem um bom emprego, sem perspectiva de vida, ele pensa em "agarrar o momento", aquele momento em que sua vida irá mudar, que será conhecido por seu heroísmo, que o fará crescer na vida.
"Eu sempre achei que se você não se arrisca, termina com absolutamente nada."
E tudo começa com uma garota (porque sempre tem uma garota) que ele vê pela primeira vez na Charlotte Street. Ela estava tentando entrar no táxi, se atrapalhando com as sacolas e ele, por educação, foi ajudar e então ela se foi, deixando-o, por engano, com sua câmera descartável 35mm.
      Jason então começa uma busca incessante por A Garota. Dev o convence a revelar as fotos, pois assim conseguiria com mais facilidade encontra-la. A principio a ideia era apenas devolver a câmera, porem Jason começa a se sentir ligado a garota. Tenta, por meio das fotos, recriar seus passos, descobrindo cada vez mais sobre a moça. Nesse meio tempo muita coisa acontecem coisas que nos ensinam muito sobre a vida, sobre realizações de sonhos, amadurecimentos, amizades, medos e principalmente sobre seguir em frente.
      Não foi um dos melhores livros que li, a história é arrastada e acabei demorando muito pra terminar. Mas o final é fofo demais e a capa nem se fala, totalmente linda.



2 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

2 comentários:

  1. Ah, eu to SUPER ansiosa pra ler esse livro! Mesmo com algumas críticas ruins que eu li e tal.. Ah, a capa é linda mesmo, eu amei *-*
    Beijos!
    http://semquererintrometer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie :)

    Eu não gostei nenhum pouco desse livro e todos os meus amigos que eu conheço que leram também não, então é definitivo o livro não é bom !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo