[Resenha] Máscara - A vida não é um jogo.

23 janeiro 2014

Autor: Luiz Henrique Mazzaron
Editora: Novo Século
Páginas: 368
Classificação:  
Sinopse: No mundo de Domus, a morte é a moeda que alimenta o jogo. E a verdade pode custar a vida. Liam é um garoto que viveu por muito tempo isolado devido aos constantes castigos do sádico tio, um carrasco ex-militar. Porém, inesperadamente, surge uma entidade maléfica, uma figura das trevas que trajando uma máscara, e passa a perseguir, levando-o a participar de um jogo num mundo surreal, chamado Domus. Junto a um grupo, Liam parte para uma experiência alucinante, em que os pecados da humanidade serão colocados em xeque, como numa espécie de julgamento. Um combate onde o principal objetivo do adversário é mostrar o quão  odiosa é a raça humana... Mas ainda há muitos mistérios que rodeiam este intrincado jogo. Por qual motivo a criatura possui tamanha obsessão por ele? E vale a pena prosseguir, já que a morte é a única certeza?
"Máscara - A vida não é um jogo" foi adquirido através da parceria com o autor Luiz Henrique Mazzaron.


      O livro conta a história de Liam, um garotinho que depois de ficar órfão foi morar com seu tio Sergey, um ser asqueroso que fazia o pobre garoto de escravo e o jogava num quartinho escuro. Foi em uma dessas que Lisa, a assistente social, encontrou o garoto, através de uma denuncia. Lisa resolve levar Liam, porém a coisa não seria tão fácil assim, Sergey não aceitaria. Começa então uma luta da qual Sergey morre e Liam é levado pra delegacia.
      Liam, apesar de chocado, pensa estar livre, mal ele sabe que o horrendo tio era o pior de seus problemas. Um ser maligno e que usava uma máscara risonha estaria atrás dele e mataria qualquer um que entrasse no seu caminho.

      Esse foi um dos momentos mais perturbadores do livro, as mortes eram cada vez maiores e mais macabras, aquele tipo que deixa qualquer leitor agoniado e curioso.

      Depois de tanto terror, resolvem recomeçar a vida num lugar distante, pra fugir do ser aterrorizante, por dez anos deu certo...
      Até que coisas estranhas começam a acontecer, Liam começa a agir de maneira diferente, pessoas começam a desaparecer e... Liam desaparece.
      O jovem acorda num lugar escuro e sozinho, e descobre que está num jogo onde, junto com outras pessoas de caráter duvidoso, precisa sair vivo. O jogo se desenrola num mundo paralelo que é uma replica macabra do mundo real e os jogadores enfrentam as situações mais bizarras e medonhas.
      No decorrer da história Liam descobre porque está ali, quem é o ser da máscara e que lugar é aquele.

      O livro da medo, isso eu garanto (rsrs) e, não sei os outros leitores, mas eu percebi que o livro faz pensarmos nos pecados que cometemos e descobrir que eles podem nos trazer graaaaande dor (literalmente / Deus me livre). É surpreendente, genial, inteligente e intrigante. O ruim do livro é que o segundo volume não tem prazo pra lançamento, e eu PRECIIIIIIIIISO saber o final. Eu fiquei totalmente vidrada na história, lia até altas horas da madrugada (o que não é aconselhável se você tem tendencia a pesadelos). E devorei mais rápido do que Baby faria... Quem é Baby? Só lendo pra descobrir MUHAHAAAAA :)

Recado para o autor Luiz Henrique Mazzaron:
      Caro Luiz, eu tenho vida sabia? E esses dias não consegui fazer nada além de ler seu livro. Virei um dos zumbis do seu livro por falta de sono decente, dormia tarde (lendo) e acordava cedo (pra ler). Pode isso?
      AAAAAAAH estou começando a considerar aquela ideia de invadir sua casa e roubar seu computador caso o segundo volume não seja lançado LOGO...
      Att,
      Suzane Cruz <3 

Brincadeiras a parte, parabéns pelo excelente trabalho :D

Para saber mais sobre o autor, Luiz Henrique Mazzaron, clique AQUI.
Suzane Cruz
Suzane Cruz, 23 anos, baiana que mora na Cidade Maravilhosa. Potterhead, bailarina e formada em Design de Interiores. Andou vivendo o que lê e precisou de companhia.
3 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

3 comentários:

  1. Nossa, não conhecia esse livro!
    Ele parece ser fantástico, em todos os aspectos possíveis. Adorei a indicação!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É perfeito Luara. Leeeeeeei, não irá se arrepender.
      Beijões

      Excluir
  2. Olá , te indiquei em uma TAG lá no meu blog, se já tinha participado peço desculpas (:
    http://mylitlle-things.blogspot.com.br/2014/01/tag-selo-versatile-blogger-award.html
    bjks

    ResponderExcluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo