Entrevista: Luiz Henrique Mazzaron

10 fevereiro 2014

Olá galera, tudo bem? 
Vim convidá-los pra um jogo, um joguinho nada inocente onde todo tipo de horror inimaginável é proposto a vocês. Topam? Da medo não? Pois bem, o autor Luiz Henrique Mazzaron convidou seus leitores a participar do joguinho com o livro Máscara - A vida não é um jogo.
O livro é incrível, medonho, macabro, e fantástico... e em uma entrevista ao Memórias de uma Leitora o autor conta tudo sobre sua carreira e o livro.

Bem vindos ao jogo...

Memórias de uma Leitora: Fale um pouco sobre você.

Luiz Henrique Mazzaron: "Bom, sou estudante e pretendo cursar Medicina. Amo livros, videogames, filmes e séries de suspense e terror. Comecei a escrever com 16 anos, enquanto cursava o primeiro ano do ensino médio."
MDUL: Quando decidiu que iria escrever um livro?
LHM: "Depois de ler E Não Sobrou Nenhum, da Agatha Christie. Minha professora de redação também me incentivava muito, e isso me fez arriscar e começar a escrever Máscara."
MDUL: De onde surgiu a história de "Máscara"? E quanto tempo levou pra escrevê-la?
LHM: "Surgiu a partir da minha paixão por tudo o que envolve filmes e jogos de terror. Procurei não só escrever algo focado no "terror", mas também beber de várias fontes e colocar um pouquinho de cada coisa na história. Tentei fugir da mesmice e busquei criar uma história diferente com personagens diferentes.Não lembro ao certo quanto tempo levou. Se não me engano, levei cerca de uns dez meses para escrever..."
MDUL: Por que uma história tão macabra/sombria?
LHM: "Eu sempre tive um gosto estranho pelo fantástico, pelo sombrio e pelo bizarro rsrs E sem falar na minha paixão por coisas do gênero, que vem desde a infância."
MDUL: Muitos leitores associam a história do livro ao filme Jogos Mortais, realmente o filme teve alguma influência?
LHM: "Com certeza! Jogos Mortais foi uma grande inspiração, assim como Silent Hill Resident Evil e Pânico."
MDUL: Alguma parte da história foi baseada em fatos reais ou pessoais, ou tudo é fruto da imaginação?
LHM: "A maioria das coisas partiram da minha imaginação louca rsrs mas claro que outros aspectos tiveram base em coisas que vi no dia a dia ou em filmes..."
MDUL: O que você deseja transmitir pra quem lê "Máscara"? 
LHM: "Desejo transmitir uma misturas de emoções, que vão da diversão ao pavor. Com a história e os personagens diferentes, quis passar ao leitor uma história intrigante e nova, que saísse do "lugar comum" da literatura. Os personagens foram pensados com o intuito de mostrar a diversidade existente na sociedade e nos altos e baixos que todo ser humano tem."
MDUL: Qual foi a maior dificuldade em lançar seu primeiro livro?
LHM: "Acho que a maior dificuldade foi encontrar uma editora que aceitasse publicar meu livro. Não são muitas as que dão chance aos novos escritores."
MDUL: Quantos livros compõe a série? Desde o início essa foi a meta?
LHM: "São seis livros no total. E não, nunca pensei que a série chegaria nesse número. Após o segundo livro, as ideias vieram furiosas e as coisas se desenrolaram de tal forma que a história se expandiu muito!"
MDUL: Como se sente vendo seus leitores sedentos pela continuação de "Máscara"? Inclusive eu (HAHAHA').
LHM: "Fico hiper mega super feliz!!! Eu não tinha grandes expectativas por vários motivos, mas o retorno que estou tendo dos leitores está me deixando sem palavras! É muito recompensador ver Máscara sendo tão bem sucedido."
MDUL: Fica feliz mesmo eles (leia-se NÓS) ameaçando invadir sua casa e roubar seu computador caso não lance logo a continuação? HAHAHA'
LHM: "Bom, no começo foi assustador, mas já acostumei e tomei as devidas providências para que a sequência fique em segurança hahahha"
MDUL: Tem alguma história nova brotando em sua mente?
LHM: "Siiiim, já tenho algumas (várias) ideias para um livro de fantasia! Não vejo a hora de começar, mas por enquanto tenho que focar no quarto livro, que já está na metade!"
MDUL: Quais são suas influências na Literatura?
LHM: "Agatha Christie, Justin Cronin, Richard Matheson..."
MDUL: Normalmente os escritores tem algumas manias pra escrever, entram em espécie de transe, etc... Que métodos você usa pra escrever?
LHM: Eu sempre escrevo ouvindo música e tomando chá mate. E de vez em quando saio para andar, assistir TV, jogar e depois retomo a escrita.
MDUL: Algo mudou na sua vida depois de seu primeiro lançamento? Atendeu as suas expectativas?
LHM: "Atendeu minhas expectativas e muuuito mais! Eu sempre fui mega tímido, e com o lançamento do livro, tive que aprender a ser mais aberto, mais comunicativo e tal. Sinto que aos poucos estou perdendo aquela timidez incrível que eu tinha."
MDUL: Pra finalizar. O que seus leitores podem esperar de "Máscara - vol. 2"?
LHM: "Podem esperar por mais jogos, desventuras, revelações e uma bela mistura de gêneros. Decidi me arriscar na fantasia, mas o bom e velho terror/suspense ainda está lá, reinando soberano. Me dediquei muito nesse livro. Espero que agrade :)"

Gostaria de agradecer muitíssimo ao escritor pela entrevista. E dizer que eu, assim como os outros leitores, estou na torcida pra que Máscara - vol. 2 lance o mais rapidamente possível... porque O JOGO NÃO ACABOU!!! 

Até a próxima :)
2 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

2 comentários:

  1. Legal a entrevista, despertou ainda mais a vontade de ler o livro! Só to com medo, porque eu sou bem medrosa e ser for muito assustador vou ter pesadelos, rsrs. Mas essa história de leitores ameaçando invadir a casa para roubar o manuscrito é sério? Pobre do autor, tem toda razão de ter ficado assustado, eu ficaria apavorada!

    Abraços,
    http://fantasticosmundosdepapel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHA' Juuu, não se preocupe, tudo faz parte de uma brincadeira saudável dos leitores com o autor (pelo menos creio que seja). Fico feliz que a entrevista tenha despertado sua curiosidade. Leia e depois venha me contar o que achou. Vou ficar esperando sua opinião. Beijinhos Juu <3

      Excluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo