[Resenha] Simplesmente Ana

20 fevereiro 2014

Autor: Marina Carvalho
Editora: Novo Conceito
Páginas: 304
Classificação:
Sinopse: Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam. Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.

Um conto de fadas ou realidade?

Eu faria essa pergunta a eu mesma se estivesse na pele da Ana. Uma brasileira que já adulta descobre, ou melhor, e descoberta pelo pai  que ela achava ter abandonado a sua mãe quando estava grávida dela. E PAM! Pasmem, ele é um rei! Do qual convida sua filha  Ana uma simples estudante de direito para morar com ele com direito a castelo com uma biblioteca dos sonhos e tudo mais.
Chegando lá conhece (o não tão simpático) afilhado de seu pai. Entre desconfianças e implicações Ana não entende ou não quer admitir que o jeito cheio de si e atrevido de Alexander mexe com ela, para bom ou para ruim.
Porém nem princesas no mundo de hoje conseguem fugir da impressa sensacionalista e homens galinha. HA!
Daí pra frente leitor, só lendo essa "novela"  pra saber o desfecho. Com direito a reviravoltas como todo livro e a banda U2 embalando momento um tanto AVASSALADORES.
Simplesmente Ana pode parecer um pouco fora do comum, mas não de todo irreal,  tem bastante referências que fazem nos sentir "em casa" quando lemos. Faz sentir o gostinho do era uma vez do nosso jeitinho brasileiro. Apesar de tudo e com tudo, me fez me lembrar e muito do Diário de uma princesa, quem viu vai saber do que estou falado. Mas isso não diminui a esfera real do livro.

“Com certeza essa foi uma tentativa de deixar bem claro que Alexander não dava a mínima para mim.”
                       
Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"
0 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo