[Coluna] Ler pra quê?

31 março 2014
     Sempre que alguém próximo a mim com a minha idade chega pra mim é exclama: - "Nossa você sempre está com um livro!" ou me pergunta COMO consigo ler dessa forma. E é nessa hora que EU m espanto. Sim, sempre estou com um livro em mãos e não, não sou nenhuma viciada, mas o que eu faço não tem nada de anormal. Era de se esperar que uma jovem de 19 anos tivesse interesse em algo mais que novela ou BBB (que eu odeio pro sinal). Ou será que não? 
     Assisto Tv e gosto muito! Principalmente se for filme ou série, mas também sei apreciar outras coisas.
     Anormal pra mim é eu ouvir que um adolescente na minha idade dizer que nunca leu um livro com mais de 50 ou 80 páginas. NUNCA! O máximo que chegou a ler foi revista de fofoca adolescente. E quando era "obrigado" a ler os paradidáticos para fazer prova n colégio e contentava em ler o resumo de última hora, por que não "consegue". São essas mesmas pessoas que falar que é dar dinheiro demais em livro, mas gastam o triplo em coisas insignificantes. São pessoas que sempre irão achar perda de tempo ou desnecessário ler, por mais que seja o jornal pra saber um notícia. Estou falando de pessoas de 20 que farão 30 e 40 sem ler um livro sequer. Sendo que na época em que estamos há uma certa facilidade em "criar-se" leitores, mas preferem virar as costas quando a oportunidade é oferecida.
     E pior que a falta de incentivo e a falta desinteresse. Não é obrigado a ler, mas TENTE pra falar que não gostou.
Fico frustrada e é ruim saber que serão adultos com  o pensamento que fora do comum somos nós que lemos por ler.
     Não há sentido nisso há? Ler por ler? Pra mim sim! E vejo tempos que seremos considerados antiquados e incomuns por cultivar esse hábito. E quer saber? Eu digo: SE FOR ASSIM, SOU CARETA SIM!
Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"

Papel? Sim, por favor.

27 março 2014
     Em tempos de tablets e kindles quem tem um livro é rei. Bem, essa não é a nossa realidade ainda, mas estamos a caminho viu. A venda de e-books (livros digitais) vem crescendo como se fossem músicas no Itunes. Quem nunca leu, um dia vai experimentar e que ainda está relutante algum irá se deparar com a frase: "Apenas versão digitalizada" Aí não tem pra onde correr.
    Muitos são os adeptos, alguns gostam outros não. Para os leitores de plantão tirarem suas próprias conclusões listei uns pontos que devem se antentar.

Tablets

* É mais leve. Pode levar dezenas de livros na palma da mão. Em um viagem pode ser bem útil.*
*Não estará desmatando nenhuma floresta ou se desfazendo de um árvore.*
*Os livros digitais geralmente são mais baratos, logo, poderá comprar em maior quantidade.*
*Não precisa se preocupar com o prazo de entrega*

Pena se ele descarregar na melhor parte do livro.


Livros

*Pode guardá-lo em uma lida estante e é um bem durável. Existe decoração melhor ?*
*Poderá usar sua infindável coleção de marcador (eu sei que você tem!)*
*Não depende de carregadores e só chegar e ler.*
*Dá pra emprestar pra um amigo sem peso na consciência.*

Ruim mesmo é faltar luz enquanto estiver lendo durante a noite. O jeito vai ser ler a luz de velas.

 

     Eu particularmente não abro mão (enquanto puder) dos livros físicos. 
O prazer de sentir o cheiro do papel impresso, ver e sentir os detalhes da capa em auto relevo, marca-lo nas melhores partes e tê-lo na minha cabiceira. 
     E outra: particularmente meus olhos se cansam com mais facilidade em computadores ou tablets. O mais importante, LEIA! Independente dos meios.



Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"

Curiosidade: As bibliotecas mais bonitas.

25 março 2014
      Quem aqui não ama uma livraria, biblioteca ou sebo? Qualquer local recheado de livros nos enche o coração. E se for um local "lindo de bonito" melhor ainda, não é? 
      Por esse motivo vim encher seus olhos e alegrar-lhes com as bibliotecas mais bonitas do mundo. Que vocês se encantem tanto quanto eu *-------*.

  • Biblioteca do Parlamento Canadense, Canadá.

      Foi originalmente construído em 1879 - mas apenas uma pequena parte ainda corresponde ao original, já que a maioria da biblioteca foi destruída em um incêndio, em 1916.
____________________________________________________________________________________________

  • Real Gabinete Português da Leitura, Brasil

      Essa biblioteca escura e sóbria fica no Rio de Janeiro. Construída em 1873, apresenta quatro andares que mais parecem labirintos, para poder acomodar todos seus 350 mil exemplares. Totalmente linda.
____________________________________________________________________________________________

  • Biblioteca Parabola, Reino Unido

      A Sala de Leitura da Biblioteca Britânica, mais conhecida como Biblioteca Parabola, foi construída em 1857, mas recentemente restaurada (em 2000). Essa sala foi inspirada pela cúpula do Panteão, em Roma. Reza a lenda, foi aqui que nasceu o Manifesto Comunista.
____________________________________________________________________________________________

  • Biblioteca da Trinity College, Irlanda

      Na universidade mais antiga da Irlanda, a "Velha Biblioteca" é toda feita em madeira, com escadas em caracóis e fileiras e mais fileiras de livros. Foi construída em 1712 e 1732, e renovada mais de um século depois, em 1860, para a inclusão de um novo andar de livros.
____________________________________________________________________________________________

  • Antiga Biblioteca da Universidade de Salamanca, Espanha

      Com aproximadamente 906 mil títulos, em sua maioria manuscritos em pergaminho e livros raros, a biblioteca começou a ser construída em 1411, dentro daquela que é a universidade mais antiga da Espanha e uma das mais antigas da Europa.
____________________________________________________________________________________________


  • Biblioteca Municipal de Estocolmo, Suécia

      Construída em 1932 de acordo com o projeto do arquiteto Gunnar Asplund, Ainda é considerada um dos prédios mais importantes de Estocolmo. Além do saguão principal, em forma cilíndrica, há várias pequenas salas de leitura.
____________________________________________________________________________________________

  • Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra, Portugal

      A Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra divide-se em dois edifícios, sendo a Biblioteca Joanina, construída no século 18, Considerada monumento nacional português por sua riqueza arquitetônica e decorativa.
____________________________________________________________________________________________

  • Biblioteca da Abadia de St Gall, Suíça

      Data do século VIII e é Patrimônio da UNESCO. Foi um mosteiro beneditino e é uma das mais antigas bibliotecas do mundo.
      Contém cerca de 160.000 volumes - dos quais mais de 2.000 são manuscritos preciosos datados de entre os séculos VIII e XV. Foi desenhada pelo aruqiteto Peter Thumb em estilo rococó.
      Pode ser visitada de segunda a domingo.
____________________________________________________________________________________________

  • Biblioteca do Mosteiro de Wibligen, Alemanha

      Fundada em 1093 e remodelada para o estilo barroco no século XVIII, a biblioteca é considerada pelos historiadores uma das mais importantes do planeta por conta da sua rica ornamentação.
____________________________________________________________________________________________

  • Biblioteca Geisel, Califórnia

      É a principal biblioteca da Universidade de Califórnia, em San Diego. O design peculiar é obra do americano William Pereira.

Diga NÃO a Pirataria Literária.

20 março 2014
      Olá galera, tudo bem? 
    Hoje venho trazer um assunto polêmico, a PIRATARIA LITERÁRIA. E os argumentos mais comuns sobre são:
      "Mas Suzane, o que é isso?" 
    Pois bem, a Pirataria Literária é o ato de disponibilizar exemplares para download, por e-mail ou impresso sem a autorização de seus devidos autores e/ou editoras.
   "Oh Suzane, mas isso é normal. O que tem demais?" 
    Primeiramente, caro leitor, esse ato viola direitos autorais e é passiva de punições, ou seja, você corre o risco de ser preso. Segundo, isso é um grande incentivo CONTRA a literatura. Imagine-se na situação, criar um mundo/história, horas a fio escrevendo, horas a fio revisando, horas a fio divulgando, tempo, dedicação, esforço, tudo pra sair lindo e encantador pros seus leitores, e depois ver todo seu trabalho disponível ilegalmente... Acha bacana?
    "Ah Suzane, que drama. O autor tem que escrever por prazer..." 
      O que alguns leitores devem entender é que escrever é a PROFISSÃO de um autor, e todos nos ganhamos por nosso trabalho, então por que com eles tem de ser diferente? Tenho certeza que se dependesse da maioria escreveriam sem cobranças, mas vivemos em um mundo capitalista onde precisamos ganhar pra sobreviver. E, particularmente, considero mais que justo receberem pelo encantamento que nos trazem, merecido.

   Esse ato aparentemente ingênuo está desmotivando muitos autores nacionais que veem todo seu trabalho resumido em um clique e muitas vezes sendo cobrados para serem baixados. Alguns alegam que estão incentivando a literatura nacional...
  Quer realmente ajudar? COMPRE os exemplares, muitos livros tem preços promocionais quando comprados diretamente com os autores, muitos sites fazem promoções de centenas de exemplares frequentemente. Quer livros digitais e baratos? COMPREM E-BOOKS, os preços são acessíveis a todos e ainda são legais.

Falta de opções e bons preços não são, então DIGA NÃO A PIRATARIA LITERÁRIA!!

[Coluna] Hábitos começam de pequenos.

19 março 2014
     Lembro-me que quando era criança de sempre ter em mãos um livro. Meus pais por mais que não fossem do tipo de lerem para mim antes de dormir lembro-me que a cada mês compravam livros de contos infantis. Até chegar ao ponto de ter uma coleção completa de histórias repetidas de várias editoras diferentes.
     Assim que aprendi a ler, peguei gosto pela leitura, mas são aos meus pais que agradeço por terem me impulsionado e me incentivado tão bem, antes mesmo de entrar na escola.
     Bons hábitos, assim como os maus , se adquirem rapidamente. Como uma erva daninha que se fixa e prolifera. Basta atentar para qual você vai seguir.Já foi provado que crianças aprendem de presa e "sugam" conhecimento (seja lá qual for) como uma esponja.
Hoje me sinto no papel de repassar o que tive na minha infância a minha irmã pequena e apresenta-lá aos livros deixando-a escolher se lhe agrada ou não. 
     O importante é pelo menos conheça e tenha acesso a isso. Então assim como eu, quando puder ou surgir uma oportunidade, dê um livro a uma criança, doe, leia para elas. Que garanto que uma ideia bem plantada nunca será esquecida.


*Da esq. pra dir.* a fundadora do Blog Suzane Cruz e a colunista Thamires Vicente e suas respectiva irmãs e futuras leitoras.
Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"

Continuação de "O Chamado do Cuco"

18 março 2014
      Olá galera, tudo bem?
      Notícia boa é sempre bem vinda né? E ainda mais se nela aparece no nome mágico J.K. Rowling. Pois então, a grande autora de Harry Potter que ano passado lançou O chamado do Cuco sob pseudônimo de Robert Galbraith volta a atacar (HAHA'). O livro policial que teve grande repercussão,e milhões de exemplares vendidos, terá continuação.
     "The Silkworm" tem previsão de lançamento no exterior em 24 de Junho e no Brasil a Editora Rocco confirmou o lançamento pra Novembro de 2014, tem cerca de 338 páginas e já tem sinopse e capa. Confiram:

OBS: Fiquei sabendo que a série terá 7 volumes, mas a informação não foi confirmada, portanto por enquanto são só hipóteses. Mas que seria bom... AH SERIA!!

Sinopse: "Quando o novelista Owen Quine desaparece, sua esposa chama o detetive particular Cormoran Strike. Primeiramente, Mr. Quine pensa que seu marido havia ido embora por si mesmo por alguns dias - como já fizera antes - e gostaria que Strike o achasse e o trouxesse para casa.
      Mas quando Strike começa a investigar, fica claro que existe mais no desaparecimento de Quine do que sua mulher pensa. O novelista havia acabado de completar um manuscrito apresentando retratos-escritos venenosos de quase todo mundo que conhece. Se o livro fosse publicado, iria arruinar vidas - o que significa que existe muita gente que gostaria de vê-lo silenciado.
  Quando Quine é encontrado brutalmente assassinado sob circunstâncias bizarras, se torna uma corrida contra o tempo entender a motivação de um assassino implacável, um assassino diferente de tudo o que Strike já viu...
      Um romance policial para se ler compulsivamente com reviravoltas a cada virada de página, THE SILKWORM é o segundo livro da aclamada série que apresenta Cormoran Strike e sua jovem e determinada assistente, Robin Ellacott."
Traduzido por Renata Augusto Ritto em 16 de Fevereiro de 2014.

Parceria com Yohana Sanfer

17 março 2014
AAAAAH FELICIDADE! Mais uma parceria com o Memórias de uma Leitora. Honrada em apresentá-los Yohana Sanfer, autora de Da Boca Pra Dentro. Conheçam um pouco sobre a autora e seu trabalho:

Biografia:
      Yohana Sanfer é taurina, vascaína e tem vinte e muitos anos. Formada em Serviço Social pela UFF e refém das letras porque não se contenta com a vida em preto e branco. Escreve no blog Papel, Palavra, Coração e é colunista do Curta Crônicas. Da Boca Pra Dentro é sua primeira publicação literária e uma tentativa de eternizar no papel os sentimentos e sonhos que não cabem no peito.
      Moradora de São Gonçalo, cidade do Rio de Janeiro.



Sinopse:
      "Mas quantas e quais são as coisas que dizemos depois de consultar o coração? Um punhado essência,
um milhão de desejos, um infinito de verdade? Para onde vai e de onde vem tudo aquilo que nos importa, esse tudo que é grande e traduzido pelas palavras que não cabendo no peito, transbordam corpo, alma e nossas certezas? Minha suspeita: Da boca pra dentro. São da boca pra dentro todos os beijos que respondem um anúncio de dúvidas, toda saudade confessada durante o abraço, o elogio inevitável, o desabafo recolhido por um olhar, a palavra engasgada e denunciada pelas lágrimas, o grito que transgride a calmaria (...)
      Moram da boca pra dentro nossos silêncios falhos, nossas falas eternizadas na lembrança de alguém, o sentimento entregue num agradecimento, numa saudação sincera, numa notícia boa, numa declaração de amor." (Trechos da crônica "Da boca pra dentro").
      Um livro que reverencia o amor, os sonhos, os quereres e traz outros olhares sobre o cotidiano.

Contatos com a autora:
- Instagram
- Twitter
- Vendas direto com a autora: yosanfer@yahoo.com.br

Bienal do Livro de SP - Harlan Coben

15 março 2014
      Bom dia leitores.
      Hoje trago uma super notícia pra vocês. Esse ano a 23° Bienal Internacional do Livro será realizada em São Paulo entre os dias 22 a 31 de agosto. E como todos já sabem, sempre aparecem autores internacionais incríveis que causam filas quilométricas. E o confirmado dessa vez é ninguém menos que Harlan Coben. O mestre das noites em claro virá comemorar 1 milhão de exemplares vendidos no Brasil e lançará o livro "Seis Anos Depois", seu novo best-seller.
      Quem aí está amando a Editora Arqueiro por isso? Então não percam, anotem em suas agendas: DIA 23/08 (SÁBADO), VER O DIVO HARLAN COBEN <3

[Resenha] Contos de Carnaval - Deixando o abadá de lado

12 março 2014
Autor: Marina Carvalho, Tammy Luciano, Graciela Mayrink, Germano Pereira, Chico Anes, Danilo Barbosa, Pedro de Camargo e Felipe Colbert.
Editora: Novo Conceito
Páginas: 50
Classificação: 
Sinopse: Deixe o abadá de lado e caia na folia com o e-book Contos de Carnaval. As fantasias, os amores, os desamores, as loucuras, a alegria... Os quatro dias de carnaval podem gerar muita inspiração. Pensando nisso, o Grupo Editorial Novo Conceito criou um livro exclusivo para o carnaval reunindo alguns de seus autores nacionais. Cada autor utilizou seu estilo de narrativa e experiências pessoais, e teve como inspiração o carnaval de sua região. Confira as histórias e os personagens inéditos dos seus autores nacionais favoritos em clima de carnaval.
O e-book Contos de Carnaval é uma iniciativa brilhante da Editora Novo Conceito que reunido oito autores nacionais e cada um foi incumbido de criar um conto inédito sobre o carnaval. Os oito contos foram, na época de carnaval, disponibilizado gratuitamente pros leitores, cada um ficava online 24 horas sendo assim substituído pelo próximo. Agora o livro está disponível para ser comprado em formato virtual.
Li todos os contos e amei tudo, alguns escritores que eu já conhecia a escrita como Marina Carvalho e Tammy Luciano e, logicamente, não deixaram a desejar em seus contos, cheios de amor e humor. Outros eu não conhecia a narrativa e até mesmo nunca tinha ouvido falar, e tive uma gostosa surpresa em constatar como tem muita gente boa por ai que não conheço.
A ideia da editora foi fantástica, conheci autores novos e tive o prazer de me deliciar com suas escritas, me fez querer ler seus livros, me fez admirar a editora, me fez gostar ainda mais da literatura nacional. Feliz em saber que tem uma editora grande que acredita nos nacionais tanto quanto eu.
Ai me perguntam, você gostou tanto e deu quatro estrelas? Siiiim, pela iniciativa da editora daria cindo estrelas, mas como são oito histórias diferente e de autores diferentes, lógico que gostei mais de uma que de outras, então seria justo dar quarto pelo conjunto todo. :D

Aguardando a próxima data comemorativa, será que tem mais contos?

[Resenha] O Mundo de Vidro

11 março 2014

Editora: Porto 71
Páginas: 235
Classificação:
Sinopse: Até onde pode ir a paixão de uma pessoa por outra? Como, quando e por que começa? Até que ponto pode-se cometer alguma loucura para fazer parte da vida de alguém? Quais as consequências da paixão avassaladora incompreendida? Nesse seu primeiro e hilariante romance, Maurício Gomyde retrata o cotidiano de um cidadão normal como tantos que se vê por aí em qualquer canto, tentando responder estas aparentemente simples perguntas. Passeando com extrema facilidade tanto pela linguagem refinada e sutil quanto pela tosca, Maurício Gomyde nos brinda com um livro de leitura fácil e extremamente agradável.
Bem... o que dizer deste autor e de seu primeiro livro!?
Logo de início lendo o prefácio senti que esse "cara" era o tipo de pessoa que você gostaria de conhecer pessoalmente. E assim que terminei o livro, ainda sinto isso, pelo seu belo trabalho. Posso dizer sinceramente que esse foi o PRIMEIRO livro que me fez rir da forma que eu ri, cheguei a gargalhar o lendo, e ninguém entendia o por que! Sim! Foi o ÚNICO que causou esse efeito em mim.

A forma leve e sequencial que segue com a história, alternado em pequenos capítulos (o que é bom) o desenrolar dos dois personagens. Que faz por vezes você torcer por eles e rir bastante. 
De início, pra falar a verdade durante toda a história, pensei que da forma que descrevia o personagem principal, imaginei este sendo ele mesmo (o próprio autor). Tá bem, talvez esse seja apenas um pequeno devaneio meu. Mas tá aí a história para que prove por você mesmo.
Enfim, indico! Uma leitura rápida, bem-humorada, que fará até os corações mais rígidos, ao mínimo se comover com o enredo. Pois o que me prendeu à história foi que se trata de uma "comédia romântica" se a posso chamar assim. Nada desses amores de dar a vida... amor impossível entre espécies e/ou clãs e tals, ou seja, estes que estamos tão acostumados a ver.




Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"

Nacional? Por quê não?

07 março 2014
    Ultimamente venho lendo alguns comentários um tanto duros em relação a livros brasileiros. Textos desmerecendo as obras nacionais e com isso NOSSOS autores. Tudo bem, é claro e de conhecimento de todos que a  maioria dos best sellers mais vendido são internacionais e é claro que cada um tem um autor que se identifica e ama e que esses lindos livros quase sempre viram uma adaptação no cinema (sorte nossa!)
    Mas o fato de lá, no exterior, ter melhores "chances", não significa que os nacionais sejam necessariamente ruins. Olha, antes mesmo de nos tornamos leitores de certo já ouvimos essa frase "Não se deve julgar um livro pela capa". Parafraseando um pouco... um bom leitor tem que pensar que:
 ...não se deve julgar uma obra antes de lê-la.
     Já leu um livro nacional e não gostou ? Parta para o próximo. Nem sempre o primeiro vai ser o certo pra você. Aceite sugestões de amigos... leia a resenha antes ou SURPREENDA-SE! Vá a uma livraria e converse um pouco com as pessoas que trabalham por lá, folheia alguns e dê a chance de ser conquistada.
     Todos os nossos parceiros do blog são autores brasileiros e cada um tem um pedacinho muito importante aqui para nós. Se não acredita, teste! Deixe de achar que o livro do "vizinho" é melhor. Temos escritores de boas histórias aqui, temos a ÓTIMA oportunidade de poder nos comunicar com eles, vê-los de perto e quem sabe nos tornar fãs ? Por que não?


Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"

Parceria com Janaina Rico

06 março 2014
     Fico muito feliz quando anuncio uma nova parceria. Amo ajudar a espalhar gente bacana por ai, e mostrar que no Brasil está cheeeeeeeeio de bons escritores, eu sei porque leio muita literatura nacional. Por esse motivo tenho muito prazer em apresentar-lhes maaaaais uma querida *--* Janaina Rico:

Biografia:
      "Naci no dia 22 de Maio de 1979. Regida pelo signo de gêmeos, carrego praticamente todas as características masculinas que o zodíaco me ofereceu.
      Formei em Direito e passei em concurso público, mas as letras falaram mais forte e troquei os códigos pelos romances. Hoje sou escritora em tempo integral.
      Alegre, comunicativa e teimosa. Acho que são características que mais me marcam.
      O importante na vida é fazer piada!"




Sinopse:
      Juliana achou que suas férias em João Pessoa renderiam apenas fotos e boas lembranças, mas não foi assim que as coisas se desenrolaram. Uma gravidez inesperada alterou toda a sua vida e, para se comunicar com o pai do bebê, as cartas foram a melhor escola. Um livro emocionante e envolvente, sobre amores e a formação de uma nova vida.

Contatos com a autora (links):
- Skoob;


Lançamentos Março 2014

05 março 2014
Março chega e com ele os lançamentos, então vamos nos deliciar com eles.

Destaque:
Quando Tudo Volta
Autor: John Corey Whaley
Editora: Novo Conceito
Página: 224
Sinopse: Uma morte por overdose. Um fanático estudioso da Bíblia. Um pássaro lendário. Pesadelos com zumbis. Coisas tão diferentes podem habitar a vida de uma única pessoa? Cullen Witter leva uma vida sem graça.
Trabalha em uma lanchonete, tenta compreender as garotas e não é lá muito sociável. Seu irmão, Gabriel, de 15 anos, costuma ser o centro das atenções por onde passa. Mas Cullen não tem ciúmes dele. Na verdade, ele é o seu maior admirador. O desaparecimento (ou fuga?) de Gabriel fica em segundo plano diante da nova mania da cidade: o pica-pau Lázaro, que todos pensavam estar extinto e que

Editora Gutenberg

Editora Novo Conceito

Editora Intrínseca

Editora Sextante

Editora Suma de Letras


Editora Arqueiro




[Resenha] Minha Vida Fora de Série - 1º temporada

04 março 2014
Autor: Paula Pimenta
Editora: Gutenberg
Páginas: 408
Classificação:
Sinopse: Mudar de cidade sempre é difícil, mas fazer isso na adolescência é algo que deveria ser proibido. Como começar de novo em um lugar onde todos já se conhecem, onde os grupos já estão formados, onde ninguém sabe quem você é? A princípio, Priscila não gosta da ideia, mas aos poucos percebe que pode usar isso a seu favor, tendo a chance de ser alguém diferente. Mas será que o papel escolhido é aquele que ela realmente quer representar? Aos poucos, Priscila percebe que o que importa não é o lugar, e sim as pessoas que vivem nele. E que, além da nova cidade, há algo mais importante para se conhecer: ela mesma.
Priscila teve que mudar de São Paulo pra Belo Horizonte depois da separação dos pais, deixando pra trás o pai, irmão, e metade dos seus bichinhos de estimação. A situação não é nada boa, principalmente para uma garota de 13 anos, nova cidade, nova escola, novos amigos, etc. Felizmente na nova cidade tem sua prima Marina que será importante pra adaptação de Pri.
Em uma dessas conhecidas da cidade Mari apresenta pra Pri, além de suas amigas, o clube da cidade, que foi fundamental para a garota se sentir em casa. No clube Priscila conhece Marcelo, um moreno lindo que encantou nossa garota de inicio. Porém ela não imaginava que Marcelo, além de ser sua primeira paixonite em BH, seria sua primeira desilusão ao descobrir que ele não é o príncipe encantado que parece e que lhe traria grandes problemas. Como? Só lendo pra descobrir :)

O livro é cheio bom humor, drama adolescente e dicas super válidas pra qualquer idade. Lindo, envolvente, repleto de mensagens, e-mails, conversas e nos remete muito a nossa pré-adolescência (pra quem já passou por ela). Super real e cheio de surpresas, tem coisa melhor do que ser abduzida por uma livro? NÃO! Então leia e deixe-se envolver. Maravilhoso. 





Quote da Semana: Pedro Gabriel

01 março 2014


Acontece que, quando anoitece, o dia se abastece de "Ai, se eu pudesse"...
{Pedro Gabriel}
 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo