Continuação + Segundo Trailer: A Culpa é das Estrelas

29 abril 2014
Continuação...
Olá galerinha, vocês vem estar se perguntando, "COMO ASSIM CONTINUAÇÃO!!!". Calma, calma, não criemos pânico... Eu estava viajando pelo Instagram quando vi uma foto do livro A Culpa é das Estrelas, lógico que não perdi tempo e expus no comentário todo meu amor pelo book, até que sou respondida assim: "Perfeito né, viu a continuação?" Pausa no coração da pobre leitora aqui... pedi melhor detalhes pra garota mas ela infelizmente não voltou a me responder, então resolvi por si só procurar do querido Google e encontrei um pequeno texto criado por um fã da história, e essa seria a suposta continuação (claro que não oficial). 
P.S.: Me pergunto se só eu não sabia da existência desse texto :/ Mas é lindo.
Sem mais delongas, confiram essa lindeza que não se sabe quem escreveu.

"Hoje faz exatamente um ano que Augusto Waters morreu. Não havia mais aqueles olhos azuis, não havia mais ligações durante a noite, nem metáforas. Só eu e meu câncer. Relembrar a morte dele era como ter água nos pulmões: Sufocante e doloroso. Uma dor que nunca passava. Estava vivendo naquela terceira dimensão só nossa. Minha e do Gus. Desta vez, terrivelmente sozinha. Sou a paciente de uso contínuo mais longo do Falanxifor. O remédio funcionava para mim, mas não para todo mundo. Me sinto sozinha, e não vejo motivos para meus pulmões continuarem em sua luta contra essa praga e câncer. O dia começou como todos os outros. Me desliguei do biPAP, me liguei ao Felipe e assisti alguns episódios gravados de America's NextTop Model na cama. Abri o e-mail para reler os quatro anexos que Lidewii Vliegenthart havia lhe mandado um ano atrás. Isso era reconfortante, como se uma parte dele tivesse ficado comigo. Um novo e-mail tinha chegado uma semana atrás, e eu nem tinha notado. "Querida Hazel, desde que Peter leu a últimas cartas que Augustus escreveu se encontra mudado. Parou de beber e começou a escrever um novo livro, sem nome definido ainda. Ele está contando sua história. De vocês, na verdade. Sua e de Ausgustus. E em breve te mandará os primeiros capítulos. Van Houten também pretende fazer uma continuação de Uma Aflição Imperial, contando o que aconteceu com a mãe de Anna, o Homem das Tulipas Holandês, com o hamster e com todos os outros. Isso é o que podemos chamar de milagre, não acha? Estou realmente muito feliz, acho que tudo vai dar certo agora. Espero te ver novamente. Sua amiga, Lidewii Vliegenthart." Na mesma manhã, coloquei alguns sanduíches de tomate e queijo dentro de uma cesta de pique-nique, carregando o UAI e saí. Quando cheguei ao meu destino, sentei-me num banco e li um pouco do livro. Assim como Uma Aflição Imperial, a existência de Augustus foi, de certa forma, rápida, marcante e finita. Fui até a última página em branco, peguei uma caneta e comecei a escrever. "Augustus Waters, uma vez você me pediu um elogio fúnebre e eu não disse nem a metade da metade do que deveria ter dito. Amo seus sorriso torto e amo sua voz. Amo o fato de me chamar de Hazel Grace, e não só Hazel como todos. Amo seus lindas pernas e o modo como você anda. É muito egoismo da minha parte, mas queria ter morrido antes. Bem, o mundo não é uma fábrica de realizações de desejos. Ah, Isaac está ótimo. Veio me ver alguns dias atrás - não literalmente, claro. - E me contou que a Mônica apareceu em sua casa com o novo namorado para ameaçá-lo pelos ovos que vocês jogaram no carro. Ele apenas bater a porta na cara dela e disse que no momento não sentiu nada, mas instantes depois foi jogar Counterinsugence 2: O preço do alvorecer, enquanto chorava. Sem troféus quebrados dessa vez. Seus pais espalharam mais encorajamentos pela casa. E está tudo bem com as suas irmãs. Meus pais choram bastante ultimamente. A única coisa pior do que morrer com um câncer aos dezessete anos é ter um filho morrendo de câncer aos dezessete anos. Então respiro fundo - ou quase - e tento consolá-los. Sou uma granada, e aprendi que é impossível tentar salvar os outros de minha própria explosão iminente. E o que eu queria dizer aqui ainda não disse, não caberia nesse pequeno espaço em branco na folha. Afinal, não é todo dia que encontramos um cara que não tenha perna e ao mesmo tempo tenha as pernas mais lindas do universo. Um cara que gaste seu único desejo pra me levar a Amsterdã e beber estrelas comigo. E não, não me arrependo de ter ido a Disney, foi bem legal." Meus pensamentos são estrelas que eu não consigo arrumar em constelações. "Você não é um escritor tão ruim assim, sabia? Alguns infinitos são maiores que outros, Augustus. O nosso infinito durou muito pouco. Mas agora, farei com ele se prolongue. Da sua Hazel Grace". Arranquei um pedacinho do livro e escrevi: "Fui atrás de Augustus Waters, esse é meu destino. Me desculpe. Amo vocês." Tirei a cânula e esperei que a escuridão viesse. - Okay. - Disse num último suspiro."
Simplesmente lindo né, e a vontade de chorar!?!? :'(. Pena que o autor é anônimo.

Segundo Trailer... 
E depois desse texto lindo, não tenho nada mais a dizer. Fiquem com o segundo trailer do filme pra a ansiedade aumentar ainda mais... 

Meus livros de cabeceira

28 abril 2014
     Sinto dizer que o tempo disponível para leitura está cada vez mais escasso. Agora me vejo lendo dentro de ônibus (coisa que eu não fazia), em filas de banco e até mesmo entre uma aula e outra, é o jeito! Por esse pequeno empecilho, que chamo de tempo, venho tentando selecionar melhor os livros que leio, ou seja, pedindo sugestão! Eh, até mesmo quem faz resenha precisa às vezes de ajuda.

     Me apaixonei  pelo livro A SELEÇÃO! Passei a madrugada lendo, graças a Suzane que me indicou. Se dependesse de mim já estaria lendo A ELITE que é o segundo da série, mas como vocês podem ver na foto tenho que dividir espaço e tempo com os livros da faculdade. Mas espero que muito muito breve eu possa lê-lo e fazer a resenha pra vocês! :D
     Ah, se ficaram interessados  já temos a resenha do livro A SELEÇÃO e na semana que vem saí o do O LADO BOM DA VIDA.



Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"

Son nas Páginas: A Culpa é das Estrelas

22 abril 2014
Como vocês já perceberam, eu aaaaaaaaamo ACEDE. E como não podia deixar de ser, estou in love com a trilha sonora do filme (que está demorando demais pra chegar).
O cantor britânico, Ed Sheeran, disse em seu Twitter que a música All Of The Stars, escrita especialmente para o filme, irá tocar nos créditos finais.
Para quem desejar comprar a Tracklist, ela já está disponível em pré-venda no site da Amazon. E está disponível também no iTunes para compra individual. Confira todos
  1. All Of The Stars - Ed Sheeran  iTunes 
  2. Simple As This - Jake Bugg YouTube | iTunes 
  3. Let Me In - Grouplove  iTunes
  4. Best Shot - Birdy & Jaymes Young iTunes
  5. All I Want - Kodaline YouTube | iTunes
  6. Long Way Down - Tom Odell YouTube | iTunes
  7. Boom Clap - Charli XCX YouTube | iTunes
  8. While I'm Alive - STRFKR YouTube | iTunes
  9. Oblivion - Indians iTunes
  10. Strange Things Will Happen - The Radio Dept YouTube | iTunes
  11. Bomfallarella - Afasi & Filthy YouTube
  12. Without Words - Ray LaMontagne YouTube | iTunes
  13. Not About Angels - Birdy YouTube | iTunes
  14. No One Ever Loved - Lykke Li YouTube | iTunes
  15. Wait - M83 YouTube | iTunes
Bonus track: Tee Shirt - Birdy iTunes

Book Trailer - Máscara.

18 abril 2014
Arte criada pela Bru Furuse

Olá galerinha. Como está o começo de feriadão de vocês? Espero que estejam se divertindo muito. E pra nós leitores nada melhor que passar o feriado todo lendo, né?! Justamente por esse motivo venho indicar pra vocês o livro Máscara - A Vida Não é um Jogo do meu parceiro Luiz Henrique Mazzaron, e pra deixar vocês com água na boca confiram o Book Trailer que acabou de sair:



E então, assustadoramente incrível né?!? A única notícia ruim é que o Máscara - vol2 ainda não foi lançado, expectativa a mil. Então, correndo já para ler Máscara? Bem-vindos ao Jogo :)

Cinema Literário: Eleanor & Park vai virar filme

16 abril 2014

Sim siiiim, o best-seller fofinho de Eleanor & Park da autora Rainbow Rowell teve os diretos comprador pelo DreamWorks Studios.
O estúdio se interessou pelo romance por fugir do clichê de uma menina sem graça se interessar pelo cara mais popular. Eleanor é uma ruivinha que sofre bullying no colégio e dentro de casa, e Park é um garoto coreano que curte quadrinhos. O livro se passa em 1986 e tem um clima bem nostálgico com referências a várias músicas dos tempos das fita-cassetes, de artistas como The Smiths, Beatles e U2. A própria autora irá escrever o roteiro e as filmagens tem previsão de se iniciar em 2015. (está looooooonge :/). 
Eleanor & Park recebeu resenha do The New Times escrita por John Green, que se apaixonou pela história e disse que o livro o lembrou não apenas o que é ser jovem apaixonado por uma garota, mas também o que é ser um jovem apaixonado por um livro.

Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jogens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e "grande" (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.
Quem amou ai a notícia?

Continuação à vista

15 abril 2014
     Quem nunca gostou muito de um livro e pouco tempo depois de lê-lo descobre que ele possui continuação ? Nós leitores sabemos a dádiva deste momento. Nós também sabemos o que se abate sobre nossas cabeças depois de ler a quinta ou sexta sequência deste mesmo livro e ter nem sinal de que irá acabar tão cedo.
     Para os fãs, sim é uma alegria não ter que se despedir tão cedo da história que o encantou. Mas os autores tem que saber a hora de parar! Não adianta a história ser excelentemente  boa se vai se estender tanto até se tornar chata e maçante. Acaba que só lemos até o último por que depois de tantos livros pudera merecemos um desfecho.
      Já vi publicações únicas virarem trilogia, trilogias virarem série e algumas sem fim próximo.
    Por vezes deixo de iniciar uma série ou saga pelo simples motivo de não saber quando será seu fim. Afinal, nos tornamos de certa forma presos a elas, esperando lançamentos atrás de lançamento além dá espera para serem publicados ser torturante. Temos outros livros que precisam de atenção, outros tantos que desejamos ler, mas ainda estamos "presos" ao livro que iniciamos a tantos e tantos meses atrás.
    Penso bastante antes de escolher um livro, ainda assim sou pega de surpresa quando o autor do nada decide dar continuidade, e lá vai eu novamente para tantos outros dias de espera. 
Os que li não me arrependi, mas escolha bem pois lembre-se que a série que escolher irá te acompanhar (ou atormentar) por bastante tempo.
     Além do mais não há dinheiro que chegue ou paciência que aguente. Minha carteira agradece.

NOTA: Este poste não teve o intuito de denegrir nenhum autor e suas obras. Deixo claro que é apenas uma opinião e que tenho gosto sim por série, tanto que estou prestes a comprar mais uma pra minha estante. Afinal, o nosso gosto aqui é ler!

Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"

Quote da Semana #12

12 abril 2014

" - Dumbledore diz que as pessoas acham mais fácil perdoar os outros quando eles estão errados do que quando estão certos - lembrou Hermione."
Harry Potter e o Enigma do Príncipe - J.K. Rowling (pág 74)

[Resenha] Sussurro

09 abril 2014
Autor: Becca Fitzpatrick
Editora: Intrínseca
Páginas: 264
Classificação:
Sinopse: Se apaixonar nunca foi tão fácil... ou tão mortal. Para Nora Grey, romance não era parte do plano. Ela nunca se sentiu particularmente atraída por nenhum garoto de sua escola, não importa o quanto sua melhor amiga Vee os empurre para ela. Não até a chegada de Patch. Com seu sorriso tranquilo e olhos que parecem enxergar dentro dela, Nora é atraída por ele contra seu bom senso. Mas após uma série de acontecimentos aterrorizantes, Nora não sabe em quem confiar. Patch parece estar onde quer que ela esteja, e saber mais dela do que seus amigos mais íntimos. Ela não consegue decidir entre cair nos braços dele ou correr e se esconder. E quando tenta encontrar algumas respostas, ela se acha próxima de uma verdade que é bem mais perturbadora do que qualquer coisa que Patch a faça sentir. Pois Nora está bem no meio de uma antiga batalha entre os imortais e aqueles que caíram - e, quando se trata de escolher lados, a escolha errada poderá custar sua vida.

Li esse livro a bastante tempo, mas nada me impede de lê-lo de novo e de novo. Logo quando vi a capa AMEI! Soube que o assunto seria sobre anjos. Não! Eu não julguei um livro pela capa! Foi apenas amor a primeira vista. rs'
O livro que na verdade compõe uma série de 4 livros que conta a vida de Nora Grey, uma garota que se vê em perigo quando começa a se envolver com o misterioso novo aluno bad boy (é! por que sempre tem um rs') chamado Patch que mais tarde (posso disser isso sem criar spoiler) revela ser um anjo caído e entrelaça um passado da vida de Nora que nem ela própria sabia. 
Mas tem tanta coisa boa nesse livro que eu me recuso a contar mais sobre o enredo. Becca, a autora, cria ar de suspense e incógnitas durante todo o livro que é de matar, mantendo o leitor fixado até o último capítulo. Perdi algumas noites, sempre prometendo que só leria mais uma página, 
e confesso que enquanto lia  tive que mudar de posição e abaixar o livro várias vezes só para confirmar que não estava sendo observada. Estranho! Acreditem eu não fui a única leitora a ter essa ligeira impressão.
Depois de ler o primeiro tenho certeza que vai querer acabar toda a série. E o melhor de tudo é que não precisará esperar como eu pois todos os livros já foram lançados e traduzidos.


Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"

Sorteio Divergente

08 abril 2014
Aêeeeeeee, sorteiooooo!!! Bom né?
"Mas Suzane, qual o motivo do sorteio?" Comemorar os 2 mil seguidores no Instagram do blog, que foi a primeira rede social que criei do Memórias de uma Leitora e que me dá muitas alegrias.
Mas vamos logo ao que interessa, esse é o primeiro sorteio que realizo no blog e será o livro Divergente, o primeiro de uma trilogia que está tomando conta dos leitores.


Para participar do sorteio as regras são bem simples:
- Seguir o Blog;
- Curtir a Fan Page;
- Compartilhar a imagem da Fan Page em modo "público";
- Preencher o fomulário abaixo.

ATENÇÃO!!
* O período de participação será entre os dias 08/04/2014 até 08/05/2014;
* O resultado será divulgado em até 2 dias após o encerramento do sorteio;
* É necessário residir em território brasileiro ou ter endereço de entrega no Brasil;
* O sorteado terá o prazo de 72 horas pra responder nosso contato, caso contrário teremos outro sorteado;
* O prazo de envio será de até 30 dias após o vencedor entrar em contato;
* O blog não se responsabiliza por qualquer dano ou extravio dos correios;
* Siga todas as regras, caso contrário sua participação será invalidada.

Boa sorte a todos!!

Lançamentos Abril 2014

03 abril 2014
Mais um mês e mais um ataque do coração HAHA. E abril nos traz, além de chocolate, muitos livros bons <3 Vamos conferir?

Destaque:
Colin Fuscher
Autor: Ashley Edward Miller e Zack Stentz
Editora: Novo Conceito
Páginas: 176
Sinopse: Resolvendo o crime. Uma expressão facial por vez. O ano letivo de Colin Fischer acabou de começar. Ele tem cartões de memorização com expressões faciais legendadas, um desconcertante conhecimento sobre genética e cinema clássico e um caderno surrado e cheio de orelhas, que usa para registrar suas experiências com a MUITO INTERESSANTE população local. Quando um revólver dispara na cantina, interrompendo a festinha de aniversário de uma das garotas, Colin é o único que pode investigar o caso. Está em suas mãos provar que não foi Wayne Connelly, justamente aquele que mais o atormenta, que trouxe a arma para a escola. Afinal de contas, a arma estava suja de glacê, e Wayne não estava com os dedos sujos de glacê...






 

[Resenha] Aquala e o Castelo da Província

01 abril 2014
Autor: Bernardo Fragoso
Editora: Giostri
Páginas: 286
Classificação: 
Sinopse: Extraterrestres. Será que realmente existem? De onde vêem? Será que são do jeito que os humanos imaginam? E se muitos deles já vivessem disfarçados entre nós, escondendo sua verdadeira identidade?
 Uma história sobre vida em outro planeta, deuses, poderes extraordinários, fadas, sereias e outros seres fantásticos.
Aquala e o Castelo da Província mostra que cada pessoa deve aproveitar sua época e que se deve buscar, incessantemente, a felicidade, tanto em situações únicas quanto em si mesmo.
"Aquala e o Castelo da Província" foi adquirido através da parceria com o autor Bernardo Fragoso.

Você acredita em extraterrestres? Não?! Thomas também não, até descobrir que ele próprio era um. Como assim? Seria obvio saber né? ETs tem aquelas cabeças enormes pra trás, três dedos em cada mão, pele verde e corpo magro... Nem todos, os de Aquala tem a aparência exata de um ser humano.
Thomas Flintch tem 14 anos e mora com o pai, sua mãe morreu quando ele ainda era um bebê em um ataque do vilão Tertius (porque sempre tem um vilão) que tem como propósito principal acabar com todos de sangue Flintch.
Os anos se passaram e Thomas descobriu sua verdadeira origem através de pistas e que não era o único entre seu grupo de amigos. Todos vão para Aquala e o planeta é incrível, cheio de seres, línguas, culturas, ambientes, costumes completamente incomuns. Isso foi uma das melhores e piores coisas do livro (pra mim): o melhor é que tudo foge da nossa "zona de conforto", conheci um mundo novo, seres novos, algo totalmente inusitado, o pior é que, justamente por ser um assunto que nunca li, me perdi um pouco e demorei na leitura, mas isso não anula a ótima história.
Mas como não poderia falta, Thomas passa por vários apuros em Aquala e o livro acaba com a sensação de que terá continuação. Será?

Gostei bastante da história, muito criativa, diferente e bem contada. Só acho que quando mudasse de cenário deveria ter algum aspecto que nos "avisasse", facilitaria no entendimento do enredo. Só por esse fato não dou nota máxima. Mas a história em si é maravilhosa, vale muito a pena ler.

OBS: Fiquei com medo de encontrar alienígenas por aí. Será? O.o

Para saber mais sobre o autor, Bernardo Fragoso, clique AQUI.








 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo