[Resenha] Aparências

02 julho 2014
Autor: Luis Madureira
Editora: All Print
Páginas: 216
Classificação: 
Sinopse: O que você, mulher, faria se o seu marido fosse assediado insistentemente por uma "amiga" sua? Pior ainda, o que você faria se o seu marido cedesse aos assédios dela?
E você, homem, o que faria se uma linda, charmosa, e fogosa mulher o assediasse seguidamente? Mesmo amando sua esposa, você conseguiria resistir aos apelos sexuais da outra?
Com a personagem Silvinha como pivô, esse tema polêmico é abordado de forma simples e divertida, prendendo a atenção dos leitores do início ao surpreendente final.
"Aparências" foi adquirido através da parceria com o autor Luis Madureira.

O livro Aparências já começa com uma notícia bomba, Silvinha morreu. É isso mesmo caro leitor, a personagem principal morre, e a partir dai começamos a saber o que aconteceu quarenta dias antes da morte de Silvinha.

Juca e Silvinha são casados, se conheceram na balada e a química sexual entre os dois foi tão intensa que pouco tempo depois resolveram se casar, mas desde sempre as discussões e desentendimentos são comuns entre eles.
Juca é um empresário bem sucedido, respeitado, reservado e em uma de suas muitas reuniões a trabalho encontra Carlinhos, velho amigo da faculdade do qual não via a sete anos. Empolgado com o reencontro Carlinhos convida Juca e sua esposa Silvinha para um jantar de três casais em sua casa.
Juca decide aceitar o convite, mas fica preocupado com o (mal) comportamento de sua mulher, e com razão... Silvinha aparece com uma vestido justo, curto e decotado e um mega salto, chamando completamente a atenção, e sem pudor algum da em cima dos dois homens presentes, Carlinhos e Nando.
Ao ir embora, Silvinha pega o contato de todos e deixa Bibi e Val (respectivamente as mulheres dos paquerados haha) completamente iradas com a convidada atirada. Juca também discute com sua mulher pela falta de compostura.
Juca viaja a trabalho, Silvinha sozinha e chateada decide ligar para Nando e Carlinhos criando histórias para atrai-los em sua armadilha, da qual eles caem sem nem pestanejar e se entregam aos desejos sexuais sem limites de Silvinha. A nossa fogosa personagem não se conforma com a tentativa de abandono dos seus amantes e continua a armar planos. Até que certo dia Silvinha aparece morta e a questão vem a tona, QUEM MATOU SILVINHA? o.O

A partir dai a história começa a desenrolar em um final surpreendente, SIIIM CARO LEITOR, ao terminar a leitura eu fiquei boquiaberta. A leitura é rápida, instigante e intrigante, na medida certa do suspense. Só acho que, como eram dois homens, as histórias de cada um deveriam ser um pouco diferentes, elas acabavam por ter a mesma "base". E sempre que penso na história do Luis lembro de tomar cuidado com as pessoas ao meu redor. HAHA'

A moral da história é: AS APARÊNCIAS ENGANAM!!!

Para saber mais sobre o autor, Luis Madureira, clique AQUI.







Suzane Cruz
Suzane Cruz, 23 anos, baiana que mora na Cidade Maravilhosa. Potterhead, bailarina e formada em Design de Interiores. Andou vivendo o que lê e precisou de companhia.
2 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

2 comentários:

  1. Minha nossa!
    Quem matou Silvinha?
    Conte-me, por favor!
    Preciso ler esse livro, parece ser memorável. Adorei a sua resenha flor, parabéns!
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkk pois é Bruna, quem matou Silvinha? Só lendo pra descobrir. Fico feliz que tenha gostado da resenha e quando ler o livro volte aqui e me diga o que achou. Beijos querida.

      Excluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo