Cassandra Clare no Rio

30 agosto 2014
Há algumas semanas atrás postamos no blog a futura visita da escritora Cassandra Clare na bienal e em algumas outras cidades do Brasil. E por sorte uma dessas cidades escolhidas foi o RIO! E nós do Memórias de uma Leitora - e quando digo NÓS quero me referir a mim e a Suzane - estivemos lá para conferir o evento e é claro conhecer a  Cassandra pessoalmente e postar tudo aqui para vocês também.

O evento foi organizado na nova Saraiva Mega Store do Shopping Village Mall na Barra da Tijuca. E nós chegamos lá por volta do meio-dia sendo que as senhas seriam distribuídas apenas às três da tarde, mesmo chegando com antecedência isso não nós garantiu uma vaga muito privilegiada, na fila éramos o número 468°.  E pasmem! Haviam pessoas que chegaram lá às 5:30 da manhã! Lembrando que a Cassandra chegaria à livraria apenas às 18h. O número estimado de pessoas passou de 1.800 sendo que haviam apenas 500 senhas para serem distribuídas ao público. Isso é ou não é muito amor de fã ?

Passamos no total cerca de 11 horas na espera. É claro que demos umas escapadinhas para passear no shopping, ir na praça de alimentação e conhecer o pessoal a nossa volta. As pessoas eram muito simpáticas -pudera, são leitores! rs'  -conversamos com pessoas diferentes o dia todo e estávamos contagiadas com a animação inebriante da galera. Haviam muitas mães na fila e alguns pais e até maridos com a gente lá. Foi bem divertido ver tamanho apoio da parte deles com os filhos e afins. Ah, e fizemos amizade com algumas mães também. Oh disposição da parte delas.

Foi bem organizado, sem grandes confusões e o clima de alegria do pessoal e das pessoas que ajudaram no evento tanto os seguranças quanto as pessoas da editora contribuíram para o sucesso final. Houve dois fotógrafos contratados para cobrirem o evento e tirar fotos dos fãs com a Cassandra, afim também de economizar tempo e dar chance de todo mundo falar com ela, por que afinal ninguém é de ferro.

E agora confesso, li apenas um dos livros da série e a Suzane -falo mesmo- ainda irá lê-los. Porém a espera foi bem recompensada. Sandrinha -agora posso chamar ela assim rs'- Sorridente o tempo todo e bastante gentil, não só atendeu a galera no maior entusiasmo como também foi muito receptiva para ouvir  o que eles tinham a dizer. Aqueles que não sabiam falar inglês tinham o auxílio de um tradutor.E o marido dela estava ao lado acompanhando de perto e desenhando em alguns livros. Ah e quem pedisse ela também fazia um desenho  bem divertido no livro.
 

NÓS FALAMOS COM ELA!

Conversa com a Sandrinha:
Memo: Hi, is so nice to meet you!
             Are you enjoing Brazil ?

-Oi é tão bom te conhecer. Você está gostando do Brasil ?-

Cassandra: Eu amo o Brasil! (ELA FALOU EM PORTUGUÊS!)

Memo: Oh my God! Do you speak Portuguese ? Do you know a few words ?

-Ai meu Deus! Você fala português? Vocês sabe algumas palavras?-

Cassandra: I know some, like: eu amo o Brasil, qual o seu personagem favorito, eu te amo e eu tenho reservas. (MAIS UMA VEZ ELA RESPONDEU EM PORTUGUÊS)

-Eu sei de algumas, como:-

Memo: -Rimos bastante nessa hora- You're so cute. Oh! It's very important here in Rio you know how speak "Eu tenho reservas". Thanks so much.

- Você é tão fofa. Oh! É muito importante aqui no Rio você saber falar "Eu tenho reservas". Muito obrigada!-

Cassandra: Oh, thank YOU!

-Oh, obrigada VOCÊ!-


Andamos...andamos...andamos e parecia que a fila não tinha fim.

Devidamente identificadas, vamos reconhecer o terreno.

Na fila havia tempo para tudo, até para mostrar o talento de desenhar runas.





Foto de fila, tem que ter néh.










Para conferir todas as fotos oficiais do evento, visite o álbum da Galera Record.

Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"

[Resenha] A Escolha #3 - Kiera Cass

26 agosto 2014
Editora: Seguinte
Gênero: Romance / Fantasia
Série: A Seleção | 3° volume
Páginas: 351
Classificação: 
Sinopse: A Seleção mudou a vida de trinta e cinco meninas para sempre. E agora, chegou a hora de uma ser escolhida. America nunca sonhou que iria encontrar-se em qualquer lugar perto da coroa ou do coração do Príncipe Maxon. Mas à medida que a competição se aproxima de seu final e as ameaças de fora das paredes do palácio se tornam mais perigosas, América percebe o quanto ela tem a perder e quanto ela terá que lutar para o futuro que ela quer. Desde a primeira página da seleção, este best-seller #1 do New York Times capturou os corações dos leitores e os levou em uma viagem cativante ... Agora, em A Escolha, Kiera Cass oferece uma conclusão satisfatória e inesquecível, que vai manter os leitores suspirando sobre este eletrizante conto de fadas muito depois da última página é virada.
" Talvez tudo se resumisse a isso mesmo. Havia um príncipe e quatro garotas, três das quais voltariam para casa com pouco mais que uma história interessante sobre como passaram o outono."
Que a gente aqui do Memórias de uma Leitora gostamos da série A Seleção alguns já sabem, mas esse livro fez eu me tornar fã de carteirinha da Kiera. Vou tentar achar as palavras certas para descrever o livro, pois estou encantada até agora com ele.

Depois de passar pela Seleção e ter sobrevivido à Elite, a seleção finalmente reduziu e o príncipe Maxon precisa dar um resposta em breve, resposta essa que não é tão fácil de se fazer, pois isso significa escolher uma garota entre as quatro para ser a sua esposa. Apesar da situação de tomar a decisão de sua vida já ser difícil ainda há a pressão de todo povo de Illéa e seu pai - o rei- para que faça a escolha CERTA! E rápido.

Afinal a escolha de seu coração seria a escolha certa para ajudar a governar Illéa? America decidiu lutar por Maxon mas parece que a cada tentativa de chegar nele há um percalço na frente. O rei! Que a despreza, as inconstâncias de Maxon que reluta em declarar o que de fato sente por ela e ainda tem que dividi-lo com as outras concorrentes e um desses obstáculos é ela mesma, que a cada ação impensada se afunda mais na competição e dá  passos para trás, para longe de Maxon. Junto com tudo isso, ataques de rebeldes contra o palácio diariamente. Ataque que muita das vezes custam vidas e cada vez fica mais claro que o alvo é a Elite e os membros da família real.Ação que preenchem da primeira a última página do livro.

Maxon se preocupa se escolherá a garota que realmente ama ele, com os sangrentos ataques rebeldes e com os acesos de autoridade excessiva de seu pai. E America pensa na segurança de sua família, se de fato é amada por Maxon e com o fato que a cada dia ter que ver Aspen -seu antigo- amor ser posto na linha de perigo para defende-la  e ainda assim não ter coragem de contar a verdade para ele com receio de ferir seus sentimentos.

É nesse contexto catastrófico que Maxon e America tem que decidir se lutarão para acender a fagulha de amor que há entre eles e enfim lutar um pelo outro ou se deixarão o orgulho e as atitudes descabidas falarem mais alto.
"Não desejar a coroa talvez a torne a melhor pessoa para usá-la."

Não faltou nada. Não retiraria nem acrescentaria  uma vírgula. Momentos de romance nunca mostrado antes na seleção, ação, rendição, surpresa e perdas. Completou majestosamente a serie. Me surpreendi por que  me pegava rindo enquanto lia, fazia expressões de espanto inúmeras vezes toda vez que era surpreendida com um baque chegava a colocar a mão na boca e dizer -oh, sem nem perceber E CAROS LEITORES, chorei!  Os poucos que me conhecem sabem que para me emocionar assim é semelhante a tirar leite de pedra. Mas chorei! Coisa que só aconteceu uma vez enquanto lia um livro. Depois dessa resenha nem preciso indicar, está favoritado na minha lista. E que venha a visita da Kiera!

America em um dos cantos mais encantadores do palácio.



Para ler resenhas de A Seleção 1, 2 e 4 clique nas respectivas imagens acima!





Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"

Um infantil às vezes faz bem.

21 agosto 2014
Férias é tempo de quê minha gente? Colocar a leitura em dia é claro! Para nós, uns dias a mais é imprescindível, tantos para aqueles leem quanto para os que escrevem. Sabe aquele tempo extra para ler sem se importar com hora ou afazeres, ler capítulo após capítulo numa boa, já tendo em vista os próximos a saírem da prateleira.
Graças aos céus as minha férias parecem não terem fim! Felicidade ao extremo -tenho até medo do que me espera a seguir. Em dias como esses venho sendo posta em desafio, me vejo deixado os meus livros e os trocando -calma aê- por livros infantis. 
No fim daquele capítulo em que tudo acontece e eu fico já imaginando diversas possibilidades e pensando COMO caro escritor você fez isso comigo. Me direciono a estante, marco meu livro carinhosamente com um marca página e começo a ler as aventuras do COELHO RABUGENTO ou ou mais um das PRINCESAS SEREIAS. Quem nunca!?
Só para esclarecer, sim li livros como esses na minha infância. Como: Chapeuzinho vermelho, O pequeno polegar e os Três porquinhos. Mas agora quando leio é em voz alta para mais alguém ouvir, minha irmã de quatro aninhos. Que se depender de mim vai herdar a minha estante e multiplicá-la.
Mas pra que pensa que livros desse tipo é só destinado ao público infantil está enganado. Quem já leu As Crônicas de Nárnia, O Pequeno Príncipe ou Harry Potter faz parte do grupo de leitores desse gênero e pode alegar o quão bom os infantis são.
Quem não ama os clássicos deveria tentar começar pelos infantis.Sabe a versão daquele conto que assistimos quando crianças... essa história em um livro parece que é muito mais expansiva e aberta à sua criatividade. Por que a mágica meus amigos, é exclusiva para aqueles que acreditam no impossível.



Contos de Zahar: Alice, Conto das Fadas, O Mágico de Oz, Peter Pan
E pela primeira vez! Um livro que brilha no escuro. -vomitando arco-íris florescente- *-*








Se de fato há um criança dentro de nós, eu quero que a minha seja fascinada e se deixe ser conquistada pelas melhores histórias.                  



Desse tamanho e já querendo ler um livro de mais de 300 páginas.


Não vejo esse tempo que passo lendo historinhas como um tempo gasto. Mas sim um tempo investido em uma futura leitora.

im·pres·cin·dí·vel

"imprescindível", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/imprescind%C3%ADvel [consultado em 19-07-2014].im
im·pres·cin·dí·vel

"imprescindível", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/imprescind%C3%ADvel [consultado em 19-07-2014].
Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"

[Resenha Cinematográfica] As Palavras

18 agosto 2014
Duração: 102 minutos
Lançamento: 2012

Sei que rotineiramente publicamos post referentes à livros, mas esse filme achei que valeria à pena compartilha-lo aqui. Assisti ele por um acaso e sem saber do que se tratava,esse era o filme que ia começar justamente na hora que liguei a televisão, decidi assistir e me interessei.
Mostra as dificuldades que um autor Rory Jansen (Bradley Cooper) passa para publicar sua primeira obra, as dificuldades financeiras que fazem ir em busca de outro emprego e as pressões familiares. Tudo isso enquanto ele ainda acredita que não deveria desistir da sua paixão pela escrita. Durante esse período consegue que um renomado editor leia o seu livro, apesar de ser muito elogiado pela sua escrita ele julga que não teria mercado literário para aquele tipo de publicação. 
Até que durante sua lua de mel em Paris em uma visita à um antiquário sua mulher compra um pasta antiga para ele -e é aqui caro leitor que começa a verdadeira história - quando volta para casa ao examinar a pasta encontra várias folhas soltas e amareladas - um livro - ao lê-lo percebe que é uma história que se passa em Paris. Não uma simples história, uma história magnifica e ele admite para si que era daquela forma que ele gostaria de escrever. Ele transcreve aquele livro palavra por palavra em seu computador, apenas para absorver a narrativa sentir a história trans passando por seus dedos. Sua mulher sem querer lê o arquivo e julga que tenha sido da autoria de seu marido e o convence a mostrar a alguém, não sabendo ela que não fora escrito por ele. Acaba por ser publicado o livro que não pertence a Rory e o que resta a ele é viver com a mentira sem mais ninguém saber ou arriscar sua reputação.

"Todos nós fazemos escolhas na vida.
Escolhas que são difíceis de conviver."

Até ser encontrado pelo Sr. Jeremy Irons que não apenas mostra a verdade para Rory, como também narra em primeira pessoa as memórias de sua vida que deram origem ao tão aclamado livro que fora feito de suas alegrias e lágrimas. Mas não  termina por aqui, tem muitas outras coisas que acontecem no desenrolar desse filme, é uma história dentro de outra história dentro de outra e o mais tocante é ver e ouvir a narrativa descrita no livro sendo contada pelo autor da própria história (dá vontade de ler). E inexoravelmente decisões precisam ser tomadas, verdades ditas, isso tudo só é possível pelo dom das palavras.




"Acha que pode roubar a vida de um homem, sem pagar nada por isso?"...
...Achou que não haveria um preço a pagar?
Alegria e a dor que deram origem
àquelas palavras.
Roubando aquelas palavras,
você leva a dor."

Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"

Parceiros na Bienal de São Paulo

12 agosto 2014
Pois bem... eu não poderei ir a Bienal Internacional do Livro de São Paulo, por morar na Cidade Maravilhosa (RJ) e não poder, no momento, me deslocar até a Terra da Garoa (SP) #snif :'(. Para minha pessoa o que resta é esperar até o ano que vem, mas pra vocês que irão ter a delícia de poder comparecer esse ano, o Memórias de uma Leitora vai te guiar a conhecer autores nacionais incríveis e que tenho a honra de serem meus parceiros. Então anotem em suas agendas e não percam nadaaaaaaa <3

Alice Girolamo Canato
Alice é autora do romance Amora. O livro é lindo, de uma delicadeza e sabedoria sem igual, nunca li nada parecido e me apaixonei pela escrita da autora. Já espero ansiosa pelo próximo :3

Quando: 30 de agosto, 15h00 às 17h00.
Onde: Estande da Editora Scortecci.


"Janaina Rico é escritora e roteirista. Ganhou os prêmios "Codez de Ouro" e "Identidade Literária". Criadora da campanha "Eu Leio Brasil"." Autora dos livros Cartas Para um Pai, Apimentando e Ser Clara.

Quando: Todos os dias.
Onde: Estande da Modo Editora (I699)

Luis Madureira
Luis iniciou sua carreira de escritor em 2011 tornando-se autor da série AWARD, composta pelos romances policiais: Aparências, Joia Rara, Amor e Ódio e Vida Nova

Quando: 25 de agosto, 17h00 às 19h00
Onde: Estande da Editora All Print (H370)



Luiz Henrique Mazarron
Luiz Henrique é estudante que encontrou refúgio na leitura e na escrita. Baseia-se na literatura estrangeira para escrever sua série Máscara. E sua mente fantástica está fervilhando com novas ideias, podendo vir por ai um romance no estilo macabro de Luiz. (A-DO-RO rs.)

Quando: 23, 26 e 30 de agosto, manhã e tarde.
Mesa de Autógrafos: 26 de agosto, 15h00 às 16h00.
Onde: Estande da Editora Novo Século (B598).

A Sam nasceu no Dia Mundial do Livro, então já imaginamos que seu destino era escrever, e suas histórias são cheias de surpresas nos fazendo chorar e rir em questões de capítulos. Samanta escreveu os livros O Pássaro, Quero Ser Beth Levitt e lançará na bienal o seu mais novo romance, Renascer de um Outono (do qual estou ansiosa pra ler).

Quando: 23, 24, 27, 28 e 30 de agosto, o dia todo.
Mesa de Autógrafos: 23 de agosto, 18h00 às 19h00.
Onde: Estande da Editora Novo Século (B598).
Sávio Lopes é mineiro e escreveu Deixe a Inglaterra Tremer, seu romance de estreia, inspirado pelas experiências que vivenciou em seu curto, mais intenso, período morando em Londres, entre 2009 e 2010.

Quando: 25 de agosto, 20h00 às 21h00.
Onde: Estande da Editora Novo Século (B598).


É isso galera, espero que tenham gostado e que tirem muitas fotos com os autores pra eu poder ver tudo depois. Que seja um maravilhoso evento. Até a próxima :*

Lançamentos Agosto 2014

11 agosto 2014
Destaque:
A Menina Mais Fria de Coldtown
Autor: Holly Black
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384
Sinopse: No mundo de Tana existem cidades rodeadas por muros são as Coldtowns. Nelas, monstros que vivem no isolamento e seres humanos ocupam o mesmo espaço, em um decadente e sangrento embate entre predadores e presas. Depois que você ultrapassa os portões de uma Coldtown, nunca mais consegue sair. Em uma manhã, depois de uma festa banal, Tana acorda rodeada por cadáveres. Os outros sobreviventes do massacre são o seu insuportavelmente doce ex-namorado que foi infectado e que, portanto, representa uma ameaça e um rapaz misterioso que carrega um segredo terrível. Atormentada e determinada, Tana entra em uma corrida contra o relógio para salvar o seu pequeno grupo com o único recurso que ela conhece: atravessando o coração perverso e luxuoso da própria Coldtown. A Menina Mais Fria de Coldtown, da aclamada Holly Black, é uma história única sobre fúria e vingança, culpa e horror, amor e ódio.


 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo