Um infantil às vezes faz bem.

21 agosto 2014
Férias é tempo de quê minha gente? Colocar a leitura em dia é claro! Para nós, uns dias a mais é imprescindível, tantos para aqueles leem quanto para os que escrevem. Sabe aquele tempo extra para ler sem se importar com hora ou afazeres, ler capítulo após capítulo numa boa, já tendo em vista os próximos a saírem da prateleira.
Graças aos céus as minha férias parecem não terem fim! Felicidade ao extremo -tenho até medo do que me espera a seguir. Em dias como esses venho sendo posta em desafio, me vejo deixado os meus livros e os trocando -calma aê- por livros infantis. 
No fim daquele capítulo em que tudo acontece e eu fico já imaginando diversas possibilidades e pensando COMO caro escritor você fez isso comigo. Me direciono a estante, marco meu livro carinhosamente com um marca página e começo a ler as aventuras do COELHO RABUGENTO ou ou mais um das PRINCESAS SEREIAS. Quem nunca!?
Só para esclarecer, sim li livros como esses na minha infância. Como: Chapeuzinho vermelho, O pequeno polegar e os Três porquinhos. Mas agora quando leio é em voz alta para mais alguém ouvir, minha irmã de quatro aninhos. Que se depender de mim vai herdar a minha estante e multiplicá-la.
Mas pra que pensa que livros desse tipo é só destinado ao público infantil está enganado. Quem já leu As Crônicas de Nárnia, O Pequeno Príncipe ou Harry Potter faz parte do grupo de leitores desse gênero e pode alegar o quão bom os infantis são.
Quem não ama os clássicos deveria tentar começar pelos infantis.Sabe a versão daquele conto que assistimos quando crianças... essa história em um livro parece que é muito mais expansiva e aberta à sua criatividade. Por que a mágica meus amigos, é exclusiva para aqueles que acreditam no impossível.



Contos de Zahar: Alice, Conto das Fadas, O Mágico de Oz, Peter Pan
E pela primeira vez! Um livro que brilha no escuro. -vomitando arco-íris florescente- *-*








Se de fato há um criança dentro de nós, eu quero que a minha seja fascinada e se deixe ser conquistada pelas melhores histórias.                  



Desse tamanho e já querendo ler um livro de mais de 300 páginas.


Não vejo esse tempo que passo lendo historinhas como um tempo gasto. Mas sim um tempo investido em uma futura leitora.

im·pres·cin·dí·vel

"imprescindível", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/imprescind%C3%ADvel [consultado em 19-07-2014].im
im·pres·cin·dí·vel

"imprescindível", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/imprescind%C3%ADvel [consultado em 19-07-2014].
Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"
2 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

2 comentários:

  1. Muito bom esses livros!Super beijos!

    http://loucurasalucinantes.blogspot.com.br/2014/08/sorteio-de-um-kit-da-clinique.html

    ResponderExcluir
  2. Oi Thamires,

    Eu acredito que quando eu tiver minha filha (ou se Deus não permitir, e cuidar de qualquer criança), vou ler muita para ela, agora que eu cresci eu entendo como a literatura infantil, foi muito importante na minha vida e como me fez ser muito feliz. Nos dias de hoje já não leio mais livros infantil como antes, mas sempre quando dá e vejo um livro eu compro e leio, porque eu acredito que livro é livro. E sempre é bom viajar nos contos de fadas.

    ResponderExcluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo