[Resenha] Garota Exemplar

26 janeiro 2015
Autor: Gillian Flynn
Editora: Intrínseca
Páginas: 448
Classificação: 
Sinopse: Uma das mais aclamadas escritoras de suspense da atualidade, Gillian Flynn apresenta um relado perturbador sobre um casamento em crise. Com 4 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo - o maior sucesso editorial do ano, atrás apenas da Trilogia Cinquenta Tons de Cinza -, "Garota Exemplar" alia humor perspicaz a uma narrativa eletrizante. O resultado é a atmosfera  de dúvidas que faz o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy, a linda e inteligente esposa de Nick Dunne, desaparece de sua casa ás margens do Rio Mississippi. Aparentemente trata-se de um crime violento, e passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que seria capaz de levar qualquer um ao limite. Pressionado pela polícia e pela opinião pública - e também pelos ferozmente amorosos pais de Amy -, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamentos inapropriados. Sim, ele parece estranhamente evasivo, e sem dúvida amargo, mas seria um assassino? Com sua irmã gêmea Margo a seu lado, Nick afirma inocência. O problema é: se não foi Nick, onde está Amy? E por que todas as pistas apontam para ele?
A primeira vez que ouvi falar sobre Garota Exemplar foi na Turnê Intrínseca (2014) e de cara fui apresentada ao livro e ao trailer do filme que seria lançado em breve. Me interessei muito pela história mas só adquiri quando estava se falando muito sobre o filme.

Amy e Nick eram um casal aparentemente feliz nos primeiros anos de casamento, mas a partir do terceiro ano a coisa começa a complicar. Até que na manhã do quinto aniversário de casamento Nick volta do trabalho e encontra a casa escancarada, revirada, panela no fogo, ferro de passar ligado e Amy desaparecida. A preocupação vem a tona, afinal Amy não era de deixar nada pela metade. Imediatamente Nick chama a polícia que vendo o estado da casa rapidamente começa as investigações. Mas a "cena do crime" é no mínimo suspeita, um divã virado com esforço, sangue limpo na cozinha, pilha de livros organizados demais para um cenário desordenado... e as suspeitas sobre o marido cada vez mais fortes.
O livro intercala entre Nick no presente e páginas do diário de Amy, no passado, capítulo a capítulo. Somos apresentados a rotina do casal que nos leva a pensar que Nick matou Amy, ou que ela fugiu para se proteger, ou que alguém a levou, ou... (são tantas as conclusões). Paralelo as investigações da polícia Nick realiza sua caça ao tesouro habitual de todo aniversário de casamento que consiste em pistas escritas por Amy que o levará ao presente.
Amy tinha vários perseguidores (algumas vezes chamados de admiradores) como ex-namorados, ex-amigas e etc, dos quais Nick consideravam suspeitos mas a polícia pouco dava importância. Todas as pistas da polícia caem sobre Nick, ele se torna o principal suspeito e na intenção de parecer inocente começa a contar mentiras constantes e agir estranhamente fazendo a opinião pública ir cada vez mais contra ele.

Eu de início achava Nick nada culpado, ele descrevi um casamento onde sua mulher era fria, onde não existia mais aquele romantismo do início, onde ele era a vitima das vários oscilações de humor da sua esposa. E Amy em seu diário se descrevia como uma mulher inteiramente entregue ao casamento, daquele tipo que faz de tudo para agradar o marido, fazendo Nick parecer um grande canalha, insensível e indiferente. Porém em certa altura do livro começa a ser revelado segredos de Nick e foi quando eu comecei a querer agredi-lo e sentir pena de Amy, dar razão a ela e acreditar na culpa de Nick.

Os primeiros capítulos do livro são bem arrastados, contando detalhes de como era a rotina do casal e só começa a ficar "quente" da página 150 a diante, mas na reta final eu me dei conta de que elas foram cruciais para entendermos a personalidade dos personagens, indispensáveis.

O livro é bem surpreendente, ele manipula sua mente o tempo inteiro e quanto mais você descobre coisa mais você pensa: "QUE MENTE DOENTIA!!". Eu estava bem curiosa pro final por tinha lido declarações de amor e ódio a ele, e durante a leitura imaginei inúmeras possibilidades, mas confesso que não foi NADAAA do que pensei, e não consigo definir o que pensei sobre ele. 

E então... Nick tem culpa? Quais os segredos revelados? Onde a caça ao tesouro levará Nick? Porque todas as pistas caem sobre Nick? E principalmente, O QUE ACONTECEU COM AMY? Um suspense eletrizante que não te deixará respirar até a página final...






Suzane Cruz
Suzane Cruz, 23 anos, baiana que mora na Cidade Maravilhosa. Potterhead, bailarina e formada em Design de Interiores. Andou vivendo o que lê e precisou de companhia.
10 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

10 comentários:

  1. Gostei da resenha, eu quero ver o filme o livro já vi em livrarias mas não fiquei tao interessada.
    rebeldiaemv.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda não assisti ao filme mas estou querendo muito, e o livro é mtt bom, vale a pena ler.

      Beijos e obrigada pela visita :*

      Excluir
  2. Eu não tenho palavras para dizer o quanto eu amo esse livro!!!!!!!! Simplesmente perfeito, um dos melhores livros que eu já li. Beijos
    http://chuvacobertaelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernada, siiiiiiim ele é ótimo. Eu fiquei de boca aberta, surpresa o.O

      Beijos querida e volte sempre :*

      Excluir
  3. Eu não li ainda, mas achei sua resenha bem clara.
    Ouvi dizer que o filme é ótimo, mas também não via ainda, rs
    Parabéns...

    http://www.detudopouco.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, feliz que tenha gostado da resenha. E eu estou louca pra ver o filme, dizem que é tão bom quanto o livro.

      Obrigada a visita Sil linda :*

      Excluir
  4. Su

    Que resenha maravilhosa, fiquei com vontade de ler o livro de novo, mas vou me contentar com o filme que assisti sexta e que por sinal é bom, assista tá? rs.

    Realmente a história é tensa e muito, muito eletrizante. Bem eu gostei dele desde o começo e não desconfiei NUNCA dele rs. Mas também não desconfiei de nada da forma que foi kkkk, só quando ficou bem claro. Mas eu tive uns momentos, quero matar você seu pilantra safado rs. Mas entendia ele e o perdoava.

    Mas olha que mente inteligente, que que é aquilo?
    Só para constar nós mulheres somos MUITO inteligentes e está para nascer um homem capaz de nos superar kkkkkk.

    Beijossss

    Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkk sim Fê, disse tudo, nós mulheres somos sinistras e nem adianta eles quererem acompanhar kkk

      O livro é simplesmente perfeito e eu estou louquinha pra ver o filme. Precisando urgentemente.

      E eu quis bater no Nick diversas vezes kkk muito obrigada a visita Fê :*

      Excluir
  5. Olá!
    Gostei da sua resenha, eu realmente me senti como você em várias cenas do livro. Tinha horas que eu não sabia mais em quem acreditar... Livro ótimo!!!!
    refugiorustico.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Maria, e eu amo livros assim que não te dão pistas de nada até o momento final. Por isso eu amei o livro, surpreendente, maravilhoso.

      Muito obrigada sua visita linda :*

      Excluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo