[Resenha] Tocando as estrelas - Rebecca Serle

14 outubro 2015
Tocando as estrelasAutor: Rebecca Serle
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Classificação:
Sinopse: Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagem no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte.
Imagine só estar vendo o back-stage daquele filme adolescente que você ama? É difícil imaginar-se nessa situação não é? Agora imagine algo ainda mais impossível... você sendo escalada para o próximo filme dessa super produção como a protagonista. Esse sonho quase inimaginável de muita gente torna-se real para Paige, ela é uma menina de sorte. 

Ao fazer um teste de forma despretensiosa para um papel que nem ela sabia qual era tudo muda bruscamente em sua vida. Para uma garota que estava quase esmorecendo no desejo de se tornar atriz e de uma hora para outra literalmente estar em um filme super aclamado e que possui fãs em todo mundo.  A partir daí que Paige começa a ter que driblar os obstáculos que surgem a todo momento em sua frente desde que saiu de casa. Passar no teste não fora seu maior desafio, já que ela não tinha lá muitas esperanças de conseguir o papel. Mas no set de filmagens tudo acontece diferente. Desde o diretor grosseiro até um dos astros principais parecer ser um bad boy que não quer nem lhe dirigir a palavra e ainda ter que mostrar que está pronta para o show time e driblar fotógrafos e curiosos. Mas nem tudo isso pode ser tão ruim quando se tem o gatíssimo galã-astro-teen Rainer para ajudá-la e estar a todo momento lhe dando suporte. O mundo de Peige mudou e mesmo que a vida que ela leve agora não seja ruim. ela aprenderá que nunca será como um roteiro de cinema.
"De vez em quando você desiste das coisas por que é a coisa certa a se fazer. E fazer a coisa certa é maravilhoso. É melhor do que o sonho. Porque o sonho não é real"
O sonho de muita menina se torna realidade nessas páginas. Com adição de romance, -a possibilidade de- um triângulo amoroso e o mundo todo pronto para assistir ao desfecho dessa história na capa da revista.

O livro é bem tranquilo de se ler, não há grandes reviravoltas que comprometam a integridade da história. Bem rápido e com um "quê" de romance, assim como um romance água com açúcar adolescente deve ser. Mas sou uma leitora suspeita para falar, que não consegui selecionar apenas dois quotes do livro para colocar na resenha pois acho que todos eles valem à pena serem publicados.
"Porque o que eu não entendo a respeito do amor- a coisa mais importante, a coisa que faz livros e filmes valerem a pena- é que os grandes amores épicos  não têm a ver com ter alguém. Têm haver com saber abdicar. É um sacrifício que importa."
"- É a sua vida - ele diz. O tom ainda é forte, seco, mas as suas feições se abrandaram. Quando você imprime algo nesse mundo, não pode voltar atrás. Entendeu?"
"Se é pelo esquecimento que perdoamos, então somos apenas restabelecidos pela ignorância, nunca pelo amor"
"Mas saber o que é certo não torna uma decisão mais fácil. É uma escolha. E, assim que você faz uma, desiste das outras."
Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"
2 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

2 comentários:

  1. Adoro livros desse gênero, vou procurar pra comprar esse!

    Retribui, amor <3
    http://diariamentedicas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua resenha!
    Amo ler, e sempre que vejo resenhas realmente boas, adiciono mais livros na minha lista haha e esse já está nela :)
    beijos!!


    www.bloggabrielasantos.com.br

    ResponderExcluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo