[Resenha] Sedução da Seda (As Modistas 1) - Loretta Chase

15 junho 2016
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época
Série: As Modistas #1
Páginas: 304
Classificação: 
Sinopse: Talentosa e ambiciosa, a modista Marcelline Noirot é a mais velha das três irmãs proprietárias de um refinado ateliê londrino. E só mesmo seu requinte impecável pode salvar a dama mais malvestida da cidade: lady Clara Fairfax, futura noiva do duque de Clevedon. Tornar-se a modista de lady Clara significa prestígio instantâneo. Mas, para alcançar esse objetivo, Marcelline primeiro deve convencer o próprio Clevedon, um homem cuja fama de imoralidade é quase tão grande quanto sua fortuna. O duque se considera um especialista na arte da sedução, mas madame Noirot também tem suas cartas na manga e não hesitará em usá-las. Contudo, o que se inicia como um flerte por interesse pode se tornar uma paixão ardente. E Londres talvez seja pequena demais para conter essas chamas. Primeiro livro da série As Modistas, Sedução da seda é como um vestido minuciosamente desenhado por Loretta Chase: de cores suaves e românticas em alguns trechos, mas adornado com os detalhes perfeitos para seduzir.

Sedução da Seda é o primeiro volume da série As Modistas, o livro conta a história de Marcelline Noirot, a mais velha de três irmãs que são modistas em um ateliê em Londres. A família de Marcelline além de muito talentosa no que faz, é determinada e ambiciosa, usa todo o seu poder de persuasão para ampliar seus negócios. afinal tudo para Marcelline são negócios e ela toma como responsabilidade cuidar e proteger suas duas irmãs e sua filhinha Lucie. E elas trazem um histórico familiar de trapaças nos jogos e pequenos golpes, mas sem perder a classe.

Ao saber do futuro noivado entre o duque de Clevedon e lady Clara Fairfax, Marcelline enxerga sua chance de se tornar a modista de maior sucesso. Clevedon e lady Clara estão prometidos um para o outro desde suas infâncias e o duque pedirá a mão de Fairfax assim que voltar da Europa, e então, antes que isso aconteça Marcelline vai até Paris convencê-lo de que pode tornar a futura duquesa a nobre mais bem vestida de toda Londres causando inveja nas outras mulheres.


A princípio do duque acha aquilo tudo uma grande bobagem, quem se importa com roupas? Mas Marcellina é uma mulher determinada e está disposta a a fazer o que for necessário para provar ser a melhor modista do mundo (nada, nada modesta).

Tudo está indo perfeitamente bem até que o duque desenvolve um interesse maior do que devia por Marcelline, tudo nessa chama sua atenção, desde a maneira como se veste a maneira como se comporta, ela tem classe, apesar de sua posição social, e sua sinceridade e atrevimento o atraem fortemente. E é aí que tudo se torna interessante.

O duque é um homem bonito, elegante, e acostumado a ter tudo e todos que quer, porém Marcellina está certa de se aproximar dele apenas para fins lucrativos e não seria nada fácil seduzi-la. Ainda em Paris, Marcellina não dava sossego ao duque, sua sinceridade e insistências em ser modista de lady Clara deixava-o irritado e ainda mais desejoso de provar de seu veneno, era como uma droga. Marcelline também começava a desenvolver um interesse pelo duque, mas não poderia se deixar envolver com o futuro marido de uma de suas clientes, não poderia comprometer seus negócios dessa maneira, suas irmãs e suas filhas dependiam dela e sua loja precisava de clientes.


O livro é cheio de emoções, vários situações constrangedoras fazem com que ambos caiam na boca da alta sociedade e estava sendo um sufoco driblar os mexericos que rondavam Londres e não permitir sua loja ser destruída por eles. Além de tudo havia alguma traidora entre suas costureiras, alguém que estava roubando suas idéias e levando para a concorrente, e as irmãs Noirot precisavam resolver isso com urgência. 

Eu amo romances de época, e eu quis abraçar o livro da Loretta, é um romance que foge um pouco da mesmice de sempre, é autêntico e forte, assim como Marcelline. O livro não é aqueles romances que nos enjoam de tanto doce e rasgamento de seda, pelo contrário, é cheio de ações e emoções, cheio de passagens que nos deixam de coração na mão de tamanha expectativa, é cheio de mulheres fortes que lutam pelo que querem e não se contentam com menos do que merecem (e eu amei isso, suas lindas <3). 

Uma das personagens mais encantadoras é a pequena Lucie, filha de Marcellina de apenas 6 anos, apesar da tão pouca idade a garotinha já exala o dom de encantar e persuadir todos aos seu redor, e ela teve grande participação na história (Lucie, sua garotinha esperta <3). O duque me conquistou por ele ser tão carinhoso e generoso, todo seu cuidado e carinho com a família de Marcelline aqueceu não só o meu coração como o dela também, mas ela não se permitia ser digna dele, afinal ela acreditava que quando ele soubesse de sua linhagem familiar tudo mudaria.


Eu quero abraçar esse livro, abraçar a família Noirot, o duque de Clevedon e até mesmo a maravilhosa Clara. Acabei o livro suspirando horrores e o que me consola é ser uma série, então irei voltar para essa história incrível. Gente, minha resenha não fez jus a imensidão desse livro, é maravilhoso, cheio de vida, cheio de força e eu só posso dizer que Loretta ganhou mais uma fã <3 LEIAM!!!

Suzane Cruz
Suzane Cruz, 23 anos, baiana que mora na Cidade Maravilhosa. Potterhead, bailarina e formada em Design de Interiores. Andou vivendo o que lê e precisou de companhia.
2 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

2 comentários:

  1. Olá!
    A capa é realmente muito encantadora. Achei tuas imagens tão fofinhas, fiquei APAIXONADA. Bom, eu achei a personagem bem ousada sabe? Entendo perfeitamente o porque de você está assim. Estou pegando gosto por romances de épocas agora, e confesso que estou adorando. Tua resenha ficou muito boa, e estou encantadissima!

    http://oxenteleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaaah linda, que feliz saber que você gostou da resenha. Eu amei a personagem justamente pela ousadia dela <3 Beijos enormes

      Excluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo