[PotteWeek] Momentos Marcantes

30 julho 2016

Chegando -infelizmente- a reta final da #PotterWeek, mas lembre-se que: "...aquilo que amamos sempre será parte de nós." e para emocionar escolhi várias cenas que eu gosto dos filmes, percebam que não foram cenas óbvias. Nos filmes  há diversas cenas icônicas e marcantes mas eu escolhi este meio termo de passagens dos livros  filmes que sempre me tocam e me remetem à história quando o assunto é Harry Potter. Poderia escolher as cenas de batalha ou mortes mas preferi seguir por um caminho intermediário, vocês irão entender quando verem.

1 - Dobby, elfo livre
Apesar de ser uma parte feliz do filme sempre que vejo essa cena vejo-me sendo imediatamente transportada para a cena da morte de Dobby. Afinal, Dobby é um elfo livre graças a seu amigo Harry Potter.



2 - Você é um bruxo Harry!
Whaaaaaat! Um meio gigante entra em casa no meio da noite de aniversário e fala isso!? Melhor presente de aniversário ever! Deixe as malas para trás, certamente vamos à Hogwarts, AGORA!


3 - É leviosa e não leviosá
Nesse momento que percebemos que esses dois irão dar certo juntos de um jeito ou de outro. Mas para dar certo é preciso primeiro dar errado. Um desajeitado Weasley e uma Granger sabichona. Quem ama chama a atenção também.




4 - Seremos uma família 
Chorei! Sim! Li o livro em lágimas nessa parte por que eu já sabia o que ia acontecer. Essa frase do Sirius me pegou de jeito. Uma promessa feita que nunca pôde ser cumprida. Pensei em todos os anos ruins que Harry passou sem a família e os anos de tristeza de Sirius em Azkaban. Chega, não quero mas falar disso se não eu choro ;(


5 - Obliviate 
Oh, God. Pode não ter sido a cena mais marcante mas certamente me emocionou bastante. Imaginei a dor da Hermione ao ter que fazer isso com os pais, ela ter que apagar-se da história das pessoas que ela amava enquanto no mundo bruxo acontecia coisas fora do entendimento deles. Tão simples mas tão tocante essa sequência. 


6 - Não conte mentiras 
Um dia direi essa frase com a mesma determinação de Harry, naquele momento ele estava dando a volta por cima e mostrando quem era o badass da história. Em um diálogo alternativo ele diria:
-Queridinha eu lidei com Voldemort quando bebê, acha que não dou conta de você sua sapa.


 7 - Hora de aparatar
No dia em que Dumbledore chama Harry para dar umas voltinhas por aí no mundo mágico e Harry o indaga que não se pode aparatar em Hogwarts. Mas uma vez em um diálogo alternativo poderíamos ver Dumbledore dizendo:
- Deixa de mi mi mi quem manda nessa bagaça sou eu!
Acho que já vi tantas vezes os filmes que já criei vários diálogos complementares, isso não é normal!


8 - Mau feito feito
Nesta parte eu sinto a singularidade do relacionamento entre Jorge e Fred não é apenas um parceria entre eles e sim um compromisso um como outro para a vida e talvez além dela. E mostra o laço de amizade tão forte entre os criadores do mapa do maroto. Tudo isso em uma atmosfera de companheirismo e amor capaz de atravessar os anos. Exceto por um roedor ou outro, é claro!


9 - Dança na tenda
Apesar de Rony Weasley não concordar. Essa cena é da mais pura e singela amizade, sem maldades ou ressentimentos. Apenas um braço amigo para passar os dias ruins e um sorriso para afastar as nuvens escuras de tristeza que os cercavam. Acredito que nessa hora fora estabelecido que o relacionamento de Harry e Hermione nunca foi é nunca seria amoroso e sim de um necessidade de parceria e unidade entre eles, um tinha o que faltava no outro.


10 - Voldemort em sua forma original
Essa cena é um tanto quanto marcante, mas até do que a última batalha entre ele e Harry. Vi ali o reflexo de uma alma sem amor e vazia durante toda a vida e que não deveria ter uma gota de compaixão por nada. Me refiro a Voldemort em sua forma original por que acredito que ele sempre foi assim por dentro e que não foram apenas as circunstâncias que o transformaram. Procurou tanto a imortalidade sendo que dentro dele nem mesmo parecia ter uma vida de verdade.

















BLOGUEIRAS PARTICIPANTES:

Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"
0 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo