[Resenha] O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares #1 - Ranson Riggs

28 setembro 2016
Editora: Leya
Gênero: Fantasia / Ficção
Páginas: 336
Classificação: 
Sinopse: Milhões de cópias vendidas em todo o mundo! Traduzido para mais de 40 idiomas! Eleito uma das 100 obras mais importantes da literatura jovem de todos os tempos Tudo está à espera para ser descoberto em "O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares", um romance que tenta misturar ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas. “Mesmo sem as fotos, esta seria uma história emocionante, mas as imagens dão um irresistível toque de mistério. A narração em primeira pessoa é autêntica, engraçada e comovente. Estou ansioso para o próximo volume da série!” RICK RIORDAN, autor da série Percy Jackson e Os Olimpianos. “Um romance tenso, comovente e maravilhosamente estranho. As fotos e o texto funcionam brilhantemente juntos para criar uma história inesquecível.” JOHN GREEN, autor de A culpa é das estrelas. “Vocês têm certeza de que não fui eu quem escreveu esse livro? Parece algo que eu teria feito...” TIM BURTON
O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares é o novo queridinho do momento. E com a proximidade do lançamento do filme, nós não poderíamos deixar de falar dele.


O livro começa contando a história de Jacob, um garoto de 16 anos que cresceu ouvindo as histórias de infância do avô, um herói da guerra, porém, tais histórias era surreais demais para Jacob acreditar que fossem reais. Desde que Jacob tinha 6 anos, seu avô contava sobre como nasceu na Polônia e com cinco anos de idade foi para um orfanato no País de Gales onde moravam crianças peculiares, inúmeras aventuras e monstros, chegando até mostrar fotos que Jacob acreditou serem forjadas.

Anos depois Jacob ainda acreditava que seu avô não estava em seu juízo perfeito, até que certo dia o garoto encontrou-o morto na floresta e vê em meio as árvores uma criatura bizarra que desaparece rapidamente. Jacob tem certeza que foi a coisa que matou seu avô, mas a questão é que ninguém acredita nele, todos acham que o que o viu é resultado do trauma de ter visto seu avô morrer. 


Porém, o que não saia da mente de Jacob eram as últimas palavras de seu avô:
"Encontre a Ave. Na fenda. Do outro lado do tumulo do homem velho. Três de setembro de 1940... Emerson... a carta. Conte a eles o que aconteceu, Yacob."
Jacob não entende do que se trata, até que encontra uma carta antiga de alguém do orfanato e decide que irá até o País de Gales desvendar os mistérios do seu avô.


O que Jacob encontra é uma casa abandonada, destroços pra todos os lados em resultado da guerra, e fotos peculiares, bem parecidas com aquelas que seu avô o mostrava na infância, não havia sobreviventes nenhum por ali, e nem mesmo os moradores de Gales ousavam se aventurar pelos lado do orfanato. Até que Jacob percebe estar sendo observado por uma garota de vestido branco que sai correndo após ser flagrada, Jacob vai atrás dela imaginando se ela teria as respostas que ele procurava. Será? 

Na busca pela garota Jacob se depara com a realidade, o orfanato continuava vivo, inteiro, e habitado. A partir dai começamos a entrar de verdade nas histórias peculiares das crianças, conhecemos os habitantes estranhamente bizarros e os perigos que ele correria ao desvendar seus segredos.


O livro é repleto de mistérios e aventuras e lutas por sobrevivências, Jacob passa a conhecer mais seu avô e como foi sua vida naquele lugar. As imagens que encontramos no livro dão uma ilustração fascinante a nossa imaginação e eu esperei sentir medo, mas ele não veio. Confesso que esperei um pouco mais do livro, esperei que fosse ser um daqueles livros que te arrepiam e não te deixam dormir a noite, mas eu encontrei algo leve. Porém o livro me deixou sedenta pela continuação, quero saber o que acontece em seguida, o desenrolar das histórias e estou bem ansiosa pelo filme que lança dessa quinta (29/10/2016).

Aaaah e para quem não sabe sobre a origem das fotografias do livro, em uma espécie mercado de pulgas o escritor Ransom Riggs encontrou em meio a vários objetos uma caixa repleta de fotografias antigas em preto e branco, essas imagens pareciam ter sido tiradas de um circo de horrores  ou de algum filme de terror macabro. Riggs decidiu comprar a caixa e a partir das figuras criar um enredo, criando assim uma obra peculiar carregado de um mistério sobrenatural e suficientemente sombrio para atrair a atenção do diretor Tim Burton.

4 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

4 comentários:

  1. Mulher eu já tenho tanto livro pra ler, e tu ainda me deixa com vontade de ler mais esse!? hehe sacanagem hein!? Cruz credo essas fotos são macabras mesmo kkk adorei a resenha! Sucesso ♥
    http://adelicada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkk leia sim, é maravilhoso. E as fotos são muito macabras kkkk ❤️❤️❤️

      Excluir
  2. Admito que não sabia da existência dele antes de saber da estreia do filme. Porém, vou primeiro assistir ao filme. Se eu gostar, pego o livro (sou dessas).
    Mas olhando as imagens eu adorei ele, achei bem diferente.


    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpageInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miga, faz isso não! O filme foi péssimo comparado ao livro. Leia e esqueça esse filme horroroso kkk beijos ❤️

      Excluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo