[Resenha] Tim Atlas na Montanha das Harpias #1 - Daniel de Carvalho

19 abril 2017

Editora: Coerência
Série: Tim Atlas #1
Gênero: Aventura / Fantasia / Romance
Páginas: 400
Classificação: 
Sinopse: “Afinal, o que importa o que nós somos? O que verdadeiramente importa é o amor que temos em nossos corações.”Tim Atlas foi encontrado à beira da morte, mas foi salvo pelo doutor Ignatis. Sem lembrar-se do seu passado, Tim Atlas consegue um trabalho na Reddy-Detetives tendo como primeira missão encontrar duas gêmeas desaparecidas nas selvas da Rondônia.Tim Atlas embarca para Guajará-Mirim para iniciar as buscas, sem imaginar que a maior aventura da sua vida estava apenas começando.Índios Parecis, Homens Voadores, seres encantados, Montanha das Harpias. Será que ele vai desistir diante de tantas adversidades?Com a ajuda da Moça da Floresta, Tim Atlas irá encontrar não apenas as respostas que procura, mas sentimentos que sequer imaginou possuir, além do mais, descobrirá ser parte de uma grande profecia, resta a ele encontrar o que procura e também a si mesmo.
Timóteo Atlas Ignatis é um homem misterioso, foi encontrado pelo doutor Ignatis baleado e à beira da morte, e após alguns procedimentos médicos o doutor conseguiu salvá-lo, porém para a surpresa de todos Tim havia perdido a memória, não lembrava de nada sobre sua vida... O doutor Ignatis se tornou responsável por Tim, espalhando cartazes e notícias na esperança de encontrar seus parentes, mas curiosamente ninguém apareceu, tornando-o ainda mais misterioso...


Tim precisava seguir com sua vida, então surge uma oportunidade de emprego do qual ele agarra. Precisaria ir a Rondônia para investigar e tentar encontrar as netas gêmeas do Sr. Dolan que desapareceram a dois anos numa lancha com o piloto.

Então lá foi Tim para sua missão, seu plano inicial era conseguir informações, conversar com pessoas, refazer os passos das gêmeas e quem sabe conseguir devolve-las para seus avós, mas aparentemente elas desapareceram sem deixar nenhum rastro. 

“Tim Atlas, não era um homem de se dar por vencido facilmente, principalmente num caso como aquele em que seu protetor, o doutor Ignatis, o tinha recomendado com tantos elogios. Num caso como aquele em que os avós das gêmeas haviam depositado tantas esperanças em seu trabalho.”
Continuando com sua busca incessante por informações, Tim Atlas encontra um super aliado, Lothar. Responsável pelos passeios turísticos de lancha de Guajará-Mirim, Lothar informa para Tim que o piloto que estava com as gêmeas na verdade era uma pilota, Marion, sua namorada e sócia. Ele conta também que Marion acreditava em uma lenda que dizia que por ali existia uma floresta encantada, e seu grande sonho sempre foi encontrá-la. Acreditando que elas haviam ido em busca da lenda, Tim e Lothar se juntam para tentar refazer o trajeto que as três fizeram, e aí começa então a aventura...


O caminho de lancha era muito perigoso, cheio de obstáculos e neblina, e eles acabam se perdendo entre ela. Tudo parecia perdido, afinal não enxergavam mais nada a diante, mas as esperanças voltam quando avistam uma floresta linda, com harpias gigantes e homens voadores, e lá estava a lancha usada por Marion e as gêmeas. E para a surpresa deles aparecem índios que os capturam e levam para sua aldeia.

A princípio todos se assustam, mas logo todos percebem que ninguém representa perigo. Tim e Lothar conhecem Amuri, líder da aldeia, e explicam o que estão fazendo em seu território, Amuri conta que as lendas são verdadeiras e a floresta é cheia de seres encantados, e que as moças realmente estiveram por lá, mas foram levadas pelas harpias gigantes até a cidade que se encontra no topo da Montanha das Harpias, e que é muito perigoso tentar chegar até lá! Mas Tim é um homem determinado, e irá se arriscar pera cumprir sua missão...


O livro é incrível, cheio de aventuras, fantasia, magia e determinação. É diferente de tudo que já li, é curioso e cria um mundo original, com aventuras originais e muito misterioso. Todos os personagens são extremamente importantes, tornando a história mais dinâmica e envolvente. A ambientação em território brasileiro torna a história mais real e próxima de nós, e faz a gente questionar se essa floresta encantada realmente existe escondida em Guajará-Mirim, hehe, é tão bem escrito que esquecemos que se trata de uma fantasia.

Tim Atlas na Montanha das Harpias é um misto de vários gêneros, aventura, ficção científica, romance, mistério, fantasia... e isso torna a leitura mais fluida, e nada cansativa. Só o que me incomodou um pouco foram algumas repetições que achei desnecessárias, mas que não tirou a originalidade da história. E pelo que parece a história terá uma continuação, afinal precisamos saber quem realmente é o misterioso Tim Atlas!

Suzane Cruz
Suzane Cruz, 23 anos, baiana que mora na Cidade Maravilhosa. Potterhead, bailarina e formada em Design de Interiores. Andou vivendo o que lê e precisou de companhia.
6 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

6 comentários:

  1. O livro parece ser maravilhoso, fiquei com vontade de ler e acompanhar a trama... as fotos da postagem estão incríveis, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah fico muito feliz que você tenha gostado do livro e das fotos, espero que você leia e ame a história!

      Excluir
  2. Um livro que mistura aventura, fantasia e mistérios? Só posso estar morrendo de vontade de ler, né? Parece ser super interessante, a história me chamou muito a atenção. Pela forma como ele foi encontrado, a missão dele, as aventuras. Parece ser aquele livro que você não quer parar de ler, e sim tem vontade de devorá-lo de uma só vez! Adorei a capa, ainda por cima. Vou procurá-lo, adorei a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaah fico muito feliz que você tenha gostado do livro, ele realmente é incrível e cheio de aventuras, mas de um jeito diferente de tudo que li e ao mesmo tempo real! Leiaaaa!

      Excluir
  3. Hey Suzane! Antes de mais nada preciso dizer que acabei virando fã do seu blog e de suas postagens. Sempre com uma linguagem clara e conteúdo impecável. Enfim, foquemos agora na sua resenha. De cara eu já adorei, meus olhos brilharam quando reparei que a história se passa no meu Estado, inclusive no município próximo a minha cidade (Rondoniense com muito orgulho). Não posso esquecer de falar da sinopse e o enredo, sem dúvida eles chamam muito a atenção do leitor e estimulam a curiosidade. Espero um dia poder ler Tim Atlas na Montanha das Harpias.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaah que bacana, tão bom isso né? Eu que nem sou da cidade fiquei super feliz de ter sido escrita lá pois da uma proximidade com o leitor, imagine você que vive na cidade! Vai se sentir super dentro da história! É muito obrigada por todos os elogios, meu coração enche de alegria saber que você gostou do blog, muito obrigada! ♥️

      Excluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo