[Resenha] A Face Inversa do Amor - Rafaela Peresin Rabelo

18 maio 2017

Editora: Bartlebee
Gênero: Romance / Suspense
Páginas: 171
Classificação: 
Sinopse: A única certeza que temos na vida é a existência da dúvida. A indagação que permeia nossa mente e nos faz proferir aquelas simples três letras, que juntas são capazes de induzir um complexo portfólio de sensações E se?. A face inversa do amor é uma história se passa em Houston, uma cidade do Texas e retrata várias histórias interligadas por laços familiares, amorosos e profissionais, demonstrando o contraste entre atitudes pautadas pelo amor e pelo ódio.
Rejeição, segredos, amor e vingança são as chaves dessa trama que envolve Annie Macroff, uma jovem repleta de impressões e sensações que terá de pagar pelos erros de um passado que ela desconhece.
Conheça a história de alguém que se sentia ninguém e tente decifrar quem tem a razão nesse jogo de reversão de culpa.
A Face Inversa do Amor começa contando a história de Annie Macroff, uma jovem de 15 anos que tem tudo para ser feliz, mas não é... Annie tem uma vida milionária, porém vive solitária, já que seus pais não lhe dão atenção e a ignoram sempre que podem, principalmente após o nascimento do seu irmão caçula, Mark. Mendigando o carinho de seus pais, Annie ainda sonha com o dia que será uma filha amada.

William Macroff e Lizzie Macroff vivem um casamento de aparências, Lizzie só enxerga o luxo adquirido com a união e William acabou deixando o amor que sentia morrer. Mas por trás daquela família existe um grande segredo que Lizzie esconde, e William ao descobrir se afasta ainda mais de sua esposa adquirindo por ela um grande desprezo e se envolvendo amorosamente com sua secretária, Elizabeth.

Elizabeth desenvolveu um amor doentio por William, um amor que não mediria esforço para ficar com seu amado e conseguir tudo o que quer. Lizzie e Annie era o obstáculo para seu sonho de ter William só para ela, e foi movida por esse ódio que Elizabeth envenenou William contra sua família.

Quando o motorista de Annie pede demissão, William delega a Elizabeth a missão de encontrar um novo motorista. Ela logo lembra de Lincoln Baker, um homem que sempre procurava vagas na empresa, e já que William não se importava com qualificações por se tratar apenas de Annie, ela achou o candidato perfeito. O que ela não esperava era que Lincoln fosse alguém do passado de Lizzie e que encontraria a oportunidade perfeita para ter William apenas para si.

Juntos, Elizabeth e Lincoln planejam toda a sua vingança, sem medir esforços, custe o que custar.


O livro se desenrola sobre todos os passos do plano de vingança, e paralelamente a ele conhecemos histórias de outros personagens como Martin Scott e Ellen Scott, um casal que tentam a muito tempo ter um filho e não conseguem. Martin e Ellen conhecem a família de Annie e sentem compaixão pela forma como a jovem é tratada, certamente se fossem sua filha receberia todo o amor e carinho do mundo... como o mundo é injusto!

Conhecemos também as gêmeas Karen e Alexia, irmãs de Martin. Karen é um doce de pessoa enquanto Alexia é cheia de inveja e rancor. Quando Stefan Collins, um jovem belo e milionários, se interessa por Karen, Alexia não consegue controlar sua insatisfação, e irá fazer de tudo para atrapalhar, sendo capaz de ir muito baixo!


A Face Inversa do Amor é um livro cheio de atitudes frias, baixas e rancor, é extremamente forte e verdadeiro, que mostra a realidade nua e crua da crueldade humana. Mostra o quanto a falta de amor corrompe as pessoas.
"Enquanto o ser humano não é capaz de identificar a importância que o amor sincero exerce em sua vida, ele não é útil, é apenas um indivíduo composto por uma sequência de erros."
Se você imaginou um livro fofo, cheio de romance e felicidade, esqueça... na realidade ele nos faz refletir sobre nossas atitudes, sobre até que ponto podemos chegar por rancor, ódio, vingança, até que ponto a falta de amor nos destrói e o amor nos salva, e se realmente vale a pena viver apenas para devolver o sofrimento que nos foi causado.


É um livro muito importante, me fez pensar muito sobre como nos deixamos levar por maus sentimentos, como perdoar é importante principalmente para nós, nos liberta, nos deixa mais leves. Entendemos que o amor é a cura para o mundo, o amor salva vidas!
"Mas a verdade é que o amor puro não é só romantismo. O amor verdadeiro é aquele que te impele a fazer o bem e te restringe de fazer o mal, como uma bússola que lhe indica o caminho a seguir para amenizar as desavenças e criar laços fortes."
Suzane Cruz
Suzane Cruz, 23 anos, baiana que mora na Cidade Maravilhosa. Potterhead, bailarina e formada em Design de Interiores. Andou vivendo o que lê e precisou de companhia.
1 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

1 comentários:

  1. Olá Suzane!

    Estou #Interessadíssimo pelo livro agora, até porque a resenha foi bem convidativa. Este título com certeza entrou para minha wishlist.

    Grande abraço,
    Victor Nascimento
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo