[Resenha] Mais Amor Por Favor

10 maio 2017




Editora: Coerência
Gênero: Antologia/Romance
Páginas: 376
Onde comprar: Amazon | Coerência
Classificação:
Sinopse: “Era uma vez uma história de amor...”Ah, como é teimoso esse tal de ser humano, que insiste em falar de amor! Passam-se os séculos e ali está ele debruçado sobre folhas de papel, tentando dar forma ao que se faz tão abstrato na alma, em uma sede incontrolável de colocar em palavras o que sequer se permite ser explicado.O amor pode apenas ser sentido, jamais entendido. Entra em nossas vidas sem permissão, nas formas e momentos que menos esperamos, e talvez seja este o motivo para tamanha obsessão do homem em tentar decifrá-lo: esse poderoso sentimento, nomeado em quatro inocentes letras, é uma das poucas coisas sobre as quais não temos absolutamente nenhum controle. Impossível decidir quando ele chega e quando deve ir embora, quando irá nos ferir ou nos enlouquecer... e, tal qual uma onda furiosa que se forma no mar, não há como tentar conter os efeitos avassaladores que provocará em nós.Ah, como é teimoso esse tal de ser humano, que não admite haver qualquer coisa no mundo que ele não domine! E aqui estamos nós, um bando de teimosos reunidos para, uma vez mais, escrever sobre o amor. E aqui está você, vasculhando essas páginas em busca de alguma palavra que o ajude a desvendar tal sentimento. Sinto informar, caro leitor, mas não é o que encontrará neste livro. Ele não possui qualquer resposta ou conclusão; em vez disso, carrega em cada página o desabafo de um coração rendido, que se confessa incapaz de dominar o amor e, desse modo, une-se aos grandes poetas e filósofos da humanidade na ininterrupta prática de tentar expressá-lo. Porque o amor, de tão intenso, não basta ser sentido; ele precisa ser contado.Com todo o meu amor, em todas as suas abstratas formas, Samanta Holtz, Escritora.

Olha só... quem diria que uma pessoas como eu, que evitava os livros de romance estaria agora avidamente propagando mais uma resenha do gênero. Ah, a vida é como o amor não é mesmo? Nunca faz sentido e é um tanto contraditório, parece que essa tal de vida tem o prazer de fazer parecermos tolos quando não a entendemos. Olha só! Já estou filosofando aqui, esses tipos de livros tem esse leve efeito colateral! haha  

Comecei a me aventurar a ler livros desse tipo e foi assim que eu cheguei a esse título, um dos primeiros que li e que lembra bastante esse exemplar principalmente por causa do título, foi: Muito Amor, Por favor. Gostei tanto que me lancei na leitura desse aqui que tem muito a dizer e mostrar.


Este livro é uma apanhado com a publicação de antologias de diversos autores nacionais e como o título sugere o tema é o amor.Tenho que dizer que Mais Amor Por Favor já começa lacrando, com o aval de ninguém menos que a queridinha Samantha Holtz que contribuiu com o prefácio da publicação dando o seu toque de amor.
"A empatia se transformou em um leve gostar, aquele sentimento que, em geral, é tudo que se precisa para dar início a uma boa amizade."
                                                                                 Pra Dizer Que Te Amo - Evelyn Santana


São histórias curtinhas e não venha esperando apenas melodramas e romances inesquecíveis, para mim essa foi a pegada do livro que contribuiu para que eu gostasse. Um tema tão amplo como o amor não pode se limitar apenas a contos de fadas perfeitos de casais extremamente românticos. Cada autor mostra uma nuance diferente de acordo com a sua narrativa. Encontramos aqui é claro o amor perfeito e lindo (como comercial de margarina) mas também temos aqueles amores imperfeitos mas ainda assim verdadeiros, romances impossíveis, dúvida desse desejo e até mesmo a falta dele. Temos a diversidade desde do romance de época, uma com um quê de sobrenatural, a paixão entre vizinhos, a perda e o sacrifício e até um toque de carinho e amor verdadeiro dentro de um prostíbulo.
"O vazio no lugar que deveria ser seu coração comprimiu-se como se realmente houvesse algo ali."
Pra Sempre - Ana Bitterncourt


O que faz eu gostar de livros desse tipo e que por conter mais de uma escritor você consegue conhecer diferentes escritas e vários autores nacionais, o que para mim é sempre legal. O que garante que você encontre alguma história que você goste mais, como eu que me identifiquei mais com algumas do que outras. Algumas delas em emocionaram e eu fiquei querendo mais. -Tipo... não pode acabar assim! haha


Esse livro, além do título que é todo amorzinho, foi todo bem pensado e dá para perceber isso na edição dele, a arte da capa bem trabalhada e de muito bom gosto, os detalhes internos  nos cantos inferiores de cada página, assim como o início de cada história com uma apresentação de cada autor e sua respectiva narrativa. É um livro rápido de ler e se preferir você pode até mesmo ler uma antologia por dia. A edição facilita a leitura e não encontrei erros na revisão.

E hoje, a quem você deseja mais amor?


Thamires Vicente
Thamires Vicente, carioca de 22 anos. "PALAVRAS são capazes de causar grandes sofrimentos e por vezes remediá-los"
8 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

8 comentários:

  1. Não conhecia o livro e tenho certeza que é o tipo de livro que eu curto ler, entre uma leitura e outra mais intensa. É um jeito bom também de conhecer a escrita de vários autores que só conheço por nome.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá
    A obra teve um trabalho gráfico lindo. Sobre a obra eu adoro coletâneas e sem dúvidas irei ler em breve

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Também gosto quando de ler livros com vários autores nacionais. Esse está entre os meus desejados, ainda mais com um prefácio da Samanta. Gostei dessa forma diferente de ver o amor, aqueles mais perfeitos e aqueles difíceis e impossíveis. Adorei a dica.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  4. Oie,tudo bem?! Até curto antologias, mas quando tem tantos contos juntos, acho que acaba por perder o propósito.
    No momento não tenho interesse na leitura, mas obrigada pela dica!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oioi
    Também não sou muito apreciadora de romances, mas a vida é assim mesmo, nunca descarte totalmente as coisas, vai se um dia você encontra algo maravilhoso.
    Também amo contos por causa disso mesmo que você falou dá para conhecer um monte de gente em um livro só, uma história está mais chatinha logo logo ela acaba e começa outro é assim vai.

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Nossa pelas foto dá para perceber que a edição desse livro ficou linda d+. Amo romances e saber que autor usou uma nuance diferente me deixou ainda mais curiosa. Sem falar que adoro conhecer novos autores nacionais
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Vi várias resenhas desse livro amorzinho por aí, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Adorei as fotos!

    ResponderExcluir
  8. Olá! Eu também amei esse livro que, com seus contos de amor, nos fazem realmente suspirar de paixão. Com traços de amor e desejo, os autores, cada um a seu estilo, nos transportam para o mundo do amor! Adorei o livro, a capa é maravilhosa e eu achei todos os autores bem talentosos! Por fim, não poderia deixar de mencionar suas fotos, que são maravilhosas! Adorei mesmo! Que bom que você começou a se aventurar por romances!
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo