[Resenha] #Eu, meu cachorro e meus pais separados - Letícia Sardengerg

02 agosto 2017

Editora: Zit
Gênero: InfantoJuvenil
Onde comprar: Amazon
Páginas: 184
Classificação: 4/5
SinopseFazer quinze anos não é o mesmo que atingir a maioridade – óbvio –, mas, de certa forma, alcancei um pouco mais de autonomia em minha vida. (Traduzindo: minha mãe não consegue mais se meter tanto no que eu faço ou deixo de fazer; ela acabou perdendo um pouco do seu poder sobre mim e isso já é a glória). Eu sei que ainda não conquistei a minha tão sonhada liberdade, mas digamos que subi um degrau em sua direção. É assim que começa a história de Eu, meu cachorro e meus pais separados, um texto bem humorado e sensível, que traduz o pensamento de muitos jovens que se veem na mesma situação de Ariane, que um dia resolve ir morar na casa do pai, com direito a nova esposa esperando um bebê. Ela e Rufus, seu fiel companheiro de quatro patas. Quer saber o que vai acontecer com Ariane e Rufus? Quer descobrir como seus pais fizeram para lidar com essa situação e como é complicado crescer? Embarque nessa deliciosa história e divirta-se!


Ariane acaba de completar 15 anos e tem certeza de que agora sim as coisas mudarão, ela terá mais liberdade, poderá namorar e sua mãe irá parar de pegar tanto no seu pé. Mas a realidade não é exatamente essa, dona Denise continua a mesma, a vida continua a mesma e é quando Ariane decide se mudar para a casa de seu pai achando que as coisas seriam bem melhores.

" Eu precisava, sim, sair depressa da barra da saia da dona Denise. "


Os pais de Ari são separados desde que ela tinha 3 anos de idade e ela aceita muito bem a situação, e Marcos parece ser um pai mais tranquilo, liberal, então tudo ficaria as mil maravilhas, porém o que ela não esperava é que a esposa de seu pai, Karina, iria se sair uma bela de uma madrasta. 




Karina não é muito diferente de sua mãe, não lhe dá total autonomia, vive impondo regras na casa, dando ordens, pegando no seu pé, e Ari evita bater de frente afinal ela está grávida e não pode se aborrecer, e pra deixar tudo ainda pior, seu pai dá razão a esposa, o que deixa Ari roxa de raiva e decepção.
" [...] E na hora entendi perfeitamente o significado da palavra madrasta: eu não passo de uma enteada [...] "


Ainda bem que Ari tem a companhia do seu fiel amigo/irmão, Rufus, seu enorme cão, aaah e Karina não gosta muito da presença de Rufus também. Ari achava que quando morasse com seu pais todos os problemas iriam sumir e ela teria a tão sonhada liberdade, porém toda casa tem suas regras, e elas são necessárias para a boa convivência. 

"Rufus e eu sempre nos entendemos muito bem - acredito que isso se deve, justamente, ao fato de ele não falar; de modo que eu falo e ele me escuta, sem julgamentos. E não poderia ser diferente."


O livro é recheado de conflitos adolescentes como namoro, amizade, traição, pais, regras, festas, rebeldias, e a autora conseguiu descrever tudo isso de forma leve e divertida e Ari tem umas tiradas sensacionais, haha. Vemos durante a leitura o amadurecimento de Ari e a compreensão dela de que limites e regras são necessárias e que seus pais a amam acima de tudo. A adolescência é uma fase difícil, é um turbilhão de emoções e hormônios a flor da pele onde se acha que o mundo está contra você, basta os adultos tentarem compreender afinal já passaram por essa fase.

A edição do livro é muito fofa, deixando a leitura ainda mais divertida e agradável, recomendo para qualquer idade, e já estou louca pela continuação e saber como a Ari vai se sair na nova fase de sua vida. 





Suzane Cruz
Suzane Cruz, 23 anos, baiana que mora na Cidade Maravilhosa. Potterhead, bailarina e formada em Design de Interiores. Andou vivendo o que lê e precisou de companhia.
1 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

1 comentários:

  1. Ahhhh esse livro é só amor, e a escritora mais amor ainda, estou ansiosa para ler a continuação. Você arrasou mais uma vez nas fotos, todas maravilhosas.

    Beijos

    ResponderExcluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo