[Resenha] Outros Jeitos de Usar a Boca - Rupi Kaur

23 agosto 2017

Editora: Planeta
 Gênero: Poema | poesia
Páginas: 208
Classificação: 5/5 + favorito
Sinopse: 'outros jeitos de usar a boca' é um livro de poemas sobre a sobrevivência. Sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente. Lida com um tipo diferente de dor. Cura uma mágoa diferente. Outros jeitos de usar a boca transporta o leitor por uma jornada pelos momentos mais amargos da vida e encontra uma maneira de tirar delicadeza deles. Publicado inicialmente de forma independente por Rupi Kaur, poeta, artista plástica e performer canadense nascida na Índia – e que também assina as ilustrações presentes neste volume –, o livro se tornou o maior fenômeno do gênero nos últimos anos nos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de exemplares vendidos.


A muito tempo eu não lia um livro assim, que me deixasse completamente sem palavras. Quando algo me ganha, me prende e transborda, eu tenho extrema dificuldade em expressar, colocar pra fora, falar! 

"Ele tocou meu pensamento antes de chegar à minha cintura, meu quadril, ou minha boca. Ele não disse que eu era bonita de primeira, ele disse que eu era extraordinária."


Sempre que leio livros de contos/versos/poemas, nunca me agrado totalmente, tem sempre aquele texto que não me prendeu, mas Outros Jeitos de Usar a Boca é uma doce exceção. O livro é dividido em 4 partes, "A Dor; O Amor; A Ruptura; A Cura" e as 4 são uma caminhada pela vida, pelos sentimentos e emoções. Ao terminar alguns versos, que não passavam de 2/3 linhas, me pegava parando para respirar, pois o impacto era grande mostrando a dor e a delícia de ser mulher.


"Eu tive que ir embora, eu estava cansada de deixar que você me fizesse me sentir qualquer coisa menos que inteira."

As palavras de Rupi são diretas, retas, sem rodeios, não se demora muito pra interpretar e até mesmo para se identificar, e é isso que o torna perfeito, é lindo e devastador, pois alguns textos vasculham sua alma e encontram seu eu mais escondido, aquele que você não conta a ninguém, mas que Rupi desvendou. 


"Não quero ter você pra preencher minhas partes vazias, quero ser plena sozinha, quero ser tão completa que poderia iluminar a cidade, é só aí quero ter você, porque nós dois juntos botamos fogo em tudo."


Outros Jeitos de Usar a Boca é tão real que te tira o fôlego, te estilhaça e te acalenta a alma, uma explosão de sentimentos que se misturam na descoberta de que não estamos sozinhos, é como ser lida ao invés de ler, se sentindo exposta nas páginas do livro, uma exposição libertadora.

2 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

2 comentários:

  1. Olá!! gostei demais dessa resenha, esse livro está na minha lista de leitura e com certeza vou ler ainda esse ano.
    Beijocas.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que lindas as imagens e essa resenha!
    Nossa, eu adorei a composição da foto, a qualidade da câmera, como você tira as fotos... estou suspirando.
    O livro é incrível também, gostei muito das frases que colocou entre o post, eu sou como você para livros de poemas mas esse livro parece realmente uma exceção, ainda mais pelas ilustrações maravilhosas do livro.
    Beijos, paraliseiobico.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo