[Resenha] Borboletas na Janela - Sinéia Rangel

29 maio 2018

 Editora: Coerência
Gênero: Drama / Romance
Página: 260
Classificação: 5/5 + FAVORITADO
Onde comprar: 

Miguel é um renomado advogado, e que acabou de pegar um caso de aparente assédio sexual, mas seu cliente afirma que na verdade a "vítima" era sua amante. Na tentativa de solucionar o caso da melhor forma, ele resolver ter uma reunião com a possível vítima, quando descobre que é Laura, sua ex-namorada.

Miguel e Laura tiveram um relacionamento muito conturbado de 10 anos, Laura é uma mulher fria e calculista, sua unica ambição é poder e prazer, já Miguel queria um relacionamento profundo e construir uma família. Até que, sem explicações, Laura larga Miguel e vai embora para Nova York, o deixando totalmente despedaçado e desolado.

Anos se passaram até Miguel conseguir se reerguer e investir num novo relacionamento, aí que aparece Larissa. De início a semelhança física com Laura foi o que atraiu Miguel, mas com o tempo ele viu que Larissa era completamente diferente, um ser humano doce e apaixonante, e após dois anos juntos Miguel decide a pedir em casamento, porém Laura volta revirando tudo de ponta cabeça.

Nessa hora confesso que tomei um certo ranço de Miguel, mas compreendi que era um relacionamento mal resolvido do qual ele não conseguia se desapegar. Porém tudo muda quando Miguel descobre, de uma maneira inesperada, que possui um filho, do qual Laura deu para a adoção 5 anos atrás.


Miguel foi abandonado por sua mãe na infância, então ele sabe muito bem a dor de ato e fica indgnado com a capacidade de desapego de Laura e por não lhe dar a chance de ser pai. Começa então uma busca incessante por seu filho que está em algum lugar em Nova York, com a ajuda de Larissa que se mostra uma mulher forte e incrível.

Durante a história nós conhecemos a vida de Leon, uma criança de 10 anos que perdeu seus pais adotivos em um acidente quando tinha 5 anos, e a partir dessa fato sua vida virou uma grande luta pela sobrevivencia. Leon vive saindo de abrigos para lares temporarios e vice e versa, sempre na esperança de seus pais irem o buscar, já que ele não tem ciência de suas mortes, porém tudo aquilo se torna demais para ele, que decide então fugir e morar com outros menios orfãos, e lá ele conhece Elena.

Elena é uma menina da mesma idade de Leon, linda, amorosa, um verdadeiro anjo de tão doce, que perdeu sua mãe para o cancer. Elena e Leon se tornam como irmãos, prometendo cuidar um do outro. Até que na tentativa de cuidar de Elena, Leon acaba indo parar em um reformatório, e para sua surpresa recebe uma visita muito inusitada, de um estranho afirmando que é seu pai. Enfim a vida junta Miguel e Leon, porém Leon não acredita em suas palavras, ficando extremamente na defensiva.

Será que enfim eles vão conseguir vencer as barreiras e construir uma família?


Borboletas na Janela é um livro incrível, você começa a ler, e se envolver pela história de cada personagem e quando vê já está imersa em suas vidas como se fizesse parte delas. Cada um trás uma bagagem única, pesada e ao mesmo tempo linda, todos os personagens tem suas lutas internas mas todos tem um desejo único de serem amados e construírem um lar, e isso é extremamente tocante.

Aprendemos que cada pessoa tem um propósito nas nossas vidas e que elas precisam abrir as asas e voar quando seu objetivo se cumpre, e as vezes é doloso, mas é necessário. aprendemos também que família é quem ama, afinal vemos nessa história pais, mães e irmãos feitos através do amor, e não do sangue. O que constrói laços eternos é o afeto, o cuidado, e se importar verdadeiramente com o outro, afinal Laura deu a luz a Leon, mas quem o amou como mãe foi Larissa.

Confesso que me debulhei em lágrimas diversas vezes, e quando o livro acabou, fiquei com um misto de coração apertado com quietude. Queria mudar alguns aspectos da vida de Leon, pois o amei ao ponto de querer minimizar seus sofrimentos, mas o que a gente deve entender é que são nossas experiências que moldam quem somos, Leon é um ser incrível e sua história o fez assim!
“Abra as suas asas…E voe!”


1 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

1 comentários:

  1. Enquanto lia sua resenha fui imaginando todas as cenas e isso daria uma excelente novela. Não conhecia a obra e fiquei curiosa para saber o desfecho... são muitos assuntos abordados na trama e por isso fiquei curiosa para saber como foram abordados. Me empolguei =D já quero ler <3


    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir

 
© Memórias de uma leitora, VERSION: 01 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo